Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Sinais terráqueos
DIRCEU DETROZ

É possível que os humanos primitivos sentiram os sintomas da depressão pela primeira vez, quando os lampejos do protótipo da inteligência iluminaram suas consciências. Olharam ao redor e não entenderam nada daquilo que viam. Realmente deve ter sido muito assustador. Ainda assusta.

Foi de lá que vieram as perguntas que ainda hoje fazemos. Para explicar o que a inteligência possibilitou aos humanos exigiu uma boa desculpa. Sentir-se superior sempre exige uma boa desculpa. Foi então que uma alma ou um espírito passaram a habitar o corpo. Uma desculpa perfeita ainda nos dias de hoje.

O misticismo e a fé foram criados quando os humanos estavam nos primeiros dias do jardim de infância da inteligência. Diante do assustador nasceram as divindades criadoras. A desculpa perfeita novamente. Criação divina e superioridade formam a dupla mais perigosa que conhecemos. A História nos conta fatos horríveis feitos pelos humanos em nome das duas.

Por sorte, a inteligência não foi completamente aniquilada pelo misticismo. Alguns outros lampejos criaram a ciência. A ciência também faz perguntas. Só que como cabulou as aulas místicas do jardim de infância ela não acredita, questiona. A ciência não procura divindades no Universo. Procura outras raças inteligentes.

A ciência quer uma resposta para a pergunta: Estamos sozinhos? Encontrar inteligência extraterrestre é uma das nossas maiores obsessões. A busca é feita através de ondas de rádio. Além do famoso sinal “Wow” recebido em 1977, ninguém ainda respondeu.

Se já é difícil pela imensidão ainda desconhecida do Universo, muitas outras variáveis devem ser postas na equação dessa procura. O paralelo pode ser com nós mesmo. Os bilhões de anos que se passaram até chegarmos ao estágio no qual nos encontramos.

Talvez, as ondas de rádio sejam a pré-história da comunicação universal. Raças inteligências podem ter deixado de usá-las. Ou, quem sabe até receberam um “Wow” nosso, mas sabendo dos perigos desenvolveram a camuflagem ou a invisibilidade.

Algumas vozes humanas têm essa opinião. No lugar da obsessão pela procura, deveríamos nos preocupar em permanecer camuflados e escondidos. Só que a nossa curiosidade desconhece os perigos. Podemos não gostar do que encontraremos. Se tivermos tempo para não gostar.

Sabemos o que aconteceu quando a “civilização” desembarcou nas Américas. As doenças contagiosas mataram mais do que as batalhas pelas riquezas locais. Nunca se deve descartar a hipótese de ocorrer o mesmo num encontro entre civilizações galácticas. Com um detalhe importante. As Américas da vez seria o planeta Terra.


Biografia:
Sou catarinense, natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br.
Número de vezes que este texto foi lido: 187


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas O primeiro ambientalista DIRCEU DETROZ
Poesias APETITE DIRCEU DETROZ
Crônicas A negação dos radicais DIRCEU DETROZ
Crônicas O que sabemos sobre nós? DIRCEU DETROZ
Sonetos SONETO DA PSICOSE DIRCEU DETROZ
Poesias NÃO ESQUECI DE NADA DIRCEU DETROZ
Crônicas UM gênio da ficção DIRCEU DETROZ
Poesias ROMPEU-SE DIRCEU DETROZ
Crônicas A ideologia e a cultura DIRCEU DETROZ
Poesias PESADELO DIRCEU DETROZ

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 965.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 62940 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53982 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42933 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 40127 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39997 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 38139 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 37078 Visitas
Amores! - 35112 Visitas
Desabafo - 34653 Visitas
Faça alguém feliz - 33053 Visitas

Páginas: Próxima Última