Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
À beira da lareira
Matilde Diesel Borille

Você amava a alegria, o que era belo!
E as canções das noites estreladas!
Curioso sentimento esse, de saber,
que as fantásticas luzes e cores
não surtem mais efeitos em você.
Capella tem um brilho amarelo, sabia?
E tem segredos. Os teus, vou aprender.
Não se lança de maneira tão confusa
“A triste história de um homem”.
Sente-se à beira da lareira, e aqueça,
teus pés cansados de andar.
Chore a morte do teu anjo
com a clara luz do teu olhar.
Chore a ausência do amor eterno e puro
no silêncio que faz a lua adormecer.
Se precisar do calor do abraço que ama,
de acreditar que a paz deseja se irradiar,
de uma palavra que te traga para o hoje,
a gente fala, sobre a dor do teu e do meu amor.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 141


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Um pouquinho além Matilde Diesel Borille
Poesias À beira da lareira Matilde Diesel Borille
Poesias Amanhã Matilde Diesel Borille
Poesias Junto de Deus Matilde Diesel Borille
Poesias Migalhas de doçura Matilde Diesel Borille
Poesias Inevitável Matilde Diesel Borille
Poesias Se Matilde Diesel Borille
Poesias O beijo Matilde Diesel Borille
Poesias Toque divino Matilde Diesel Borille
Poesias Ao som de cantilenas Matilde Diesel Borille

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 53.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 58801 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53309 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42453 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39502 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 36119 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35586 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34346 Visitas
Amores! - 33886 Visitas
Desabafo - 33489 Visitas
Faça alguém feliz - 32071 Visitas

Páginas: Próxima Última