Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Educação Para o Cidadão
Felipe Soares

Resumo:
Os problemas Mal resolvidos do passado autoritário, expressos na lei de anistia, se tornam recalques e sustentam culturalmente a "Escola sem Partido"

Educação para o Cidadão

Os embates no campo das narrativas acerca dos parâmetros educacionais estão cada vez mais constantes. Setores da ala conservadora cristã, apostam hoje na dita "Escola Sem Partido", que se caracteriza pela não democratização de ensino e aprendizagem, formação moral nas bases cristãs nacionalistas com direito a negações constantes do próprio passado, pintando um país outrora assassino e escravagista que passou por Estado de Sítio e Ditadura Militar depositado no nome de uma exígua elite.
Levantadas essas informações se torna possível estender a tese do filosofo Vladimir Safatle para o campo da educação: Com uma lei de anistia, o Estado brasileiro foi capaz de perdoar os terroristas de Estado que atuavam na ditadura militar e pedindo licença a Freud, tudo que não é elaborado volta como sintoma de conflitos passados.
A lei n° 5.692/71 que foi assinada pelo então presidente à época, Emílio Médici, estipulava a função do Ensino Médio: formar técnicos e auxiliares-técnicos para a ocupação dos postos de trabalho no comércio, industria e agricultura com direito a aulas cívico morais e religiosa cristã, criando verdadeiros carneiros para garantir o lucro patronal. Relacionar isso com a atualidade não é mera coincidência.
Com a constituição de 1988, a abertura vem dar vasão a terceira LDB- Lei 9394/96 em seu artigo 3° inciso II e III estabelece:

II- Liberdade de aprender, ensinar, pesquisar, e divulgar a cultura, o pensamento, a arte, e o saber;

III- Pluralismo de idéias e de concepções pedagógicas;

Se levarmos em conta que ser cidadão é ter a capacidade de atuação no Estado Democrático de Direito, negar essas diretrizes é negar a cidadania.
O momento coloca um embate direto entre um passado que insiste em nos atormentar e um Estado que tenta prosseguir sem elaborar seus crimes passados, criando encarnações brutais nos discursos sociais que transcendem o tempo.
O retorno a Lei 5692/71 vem a calhar com a crise econômica atrelada ao discurso de exaltação ao trabalho das sociedades modernas. Essa é uma equação simples: trabalho gera lucro, trabalho sem a responsabilidade do patrão com o trabalhador gera lucro em dobro. A uma necessidade, como no passado, de criar gados morais: Orações e formação de mão de obra barata, não há espaço para questionamentos. A dita "Escola Sem Partido" é uma escola com o partido deles. O autor de Sapiens, Yuval Noah Harari, insiste que o futuro é a manipulação genética para criar a sociedade dos sonhos, insisto, a sociedade para a elite. A ficção de Aldous Huxley, Admirável Mundo Novo, nos conta isso, será mais preciso, dado o andar da carruagem, pensar em manipulação educacional, mediada pela inteligência dos dois sujeitos formados no facebook e YouTube, Olavo de Carvalho e Nando Moura. Segue as palavras do saudoso Darcy Ribeiro: A crise na educação brasileira não é uma crise, é um projeto.
Lutar contra a "Escola Sem Partido" é lutar também pela prevalência dos direitos tão duramente conquistados. Precisamos, no campo das narrativas, garantir o discurso do passado que nos trava, encarnar, assim como nos diz Vladimir Safatle, todas as vozes das pessoas massacradas durante décadas por esse país que se construiu em cima de genocídios constantes. Fazer uma elaboração precisa e sem recuos. O direito a uma educação livre de orações e voltada a formar cidadãos e não mão de obra é um direito garantido pela constituição de 1988. Elaborar o passado é firmar o presente como Estado nacional de fato, criando uma edução rica e livre para formar cidadãos para oposição política, pois oposição é fundamental em uma democracia, criando assim, com embate das idéias divergentes, um país livre, justo e solidário.


Biografia:
Estudante de Ciências Sociais (Cruzeiro do Sul)
Número de vezes que este texto foi lido: 88


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Violência Acima de Tudo Lucro Acima de Todos Felipe Soares
Artigos Educação Para o Cidadão Felipe Soares


Publicações de número 1 até 2 de um total de 2.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 31171 Visitas
Amores! - 28391 Visitas
Desabafo - 28325 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 28262 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 28181 Visitas
Faça alguém feliz - 28162 Visitas
Vivo com.. - 28093 Visitas
aliens - alfredo jose dias 28060 Visitas
viramundo vai a frança - 28044 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 28043 Visitas

Páginas: Próxima Última