Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Paredes
Daniele Alice

Essas paredes estão marcadas
Marcadas por lágrimas e sentimentos
Mas estão sempre tão caladas
Quem dera pudessem responder aos meus lamentos

As paredes continuam lá
E por mais que eu tente, elas representam uma barreira que não posso quebrar
Quem dera elas pudessem falar
Quem sabe assim diriam que nunca iriam me abandonar

Assim como as paredes, eu sei que você está aqui
E por mais que eu não possa te ouvir
Sei que ainda podes me escutar
E não importa o quanto tente, esse fardo você terá que carregar

Suas mãos ainda estão manchadas
O meu sangue escorre por entre os seus dedos
Meu coração está dilacerado
E a minha alma revela meus segredos

Então deixe, eu te imploro
Permita-me olhar mais uma vez em seus olhos
Não por amor
Apenas para recordar a face de quem me causa tamanha dor.

Número de vezes que este texto foi lido: 27317


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Afrodite, deusa do meu coração Daniele Alice
Poesias Rascunho Daniele Alice
Poesias Eu sou rio Daniele Alice
Poesias Paredes Daniele Alice


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 30864 Visitas
Amores! - 28231 Visitas
Desabafo - 28089 Visitas
Vivo com.. - 27768 Visitas
Sonho de afeto - Dilcimar Ribeiro Fonsêca 27729 Visitas
Faça alguém feliz - 27710 Visitas
MENINA - 27687 Visitas
viramundo vai a frança - 27666 Visitas
camaro amarelo - 27666 Visitas
sei quem sou? - 27653 Visitas

Páginas: Próxima Última