Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Domínio do Pecado ou da Graça
Silvio Dutra



Se é impossível não pecar enquanto estivermos neste mundo, por que Jesus costumava dizer àqueles a quem perdoava: “vai e não peques mais!”?
Por que o apóstolo João diz que escreveu aos crentes para que eles não mais pequem? (I João 2.1) e que aquele que é nascido de Deus não peca? (I João 5.18).
O apóstolo Paulo afirma em Romanos 6.14 que o pecado não mais tem domínio sobre os crentes porque não estão debaixo da lei e sim da graça.
O que se pretende com tais afirmações?
Qual é a mensagem do Espírito Santo para a igreja através destas passagens e muitas outras semelhantes?
É inegável que todas se referem a uma vitória que foi obtida sobre o domínio do pecado, e isto é dito com toda a autoridade e firmeza em razão da nova dispensação da graça que foi inaugurada por Jesus.
Temos aqui coisas espirituais boas e eternas que foram conquistadas para nós por Jesus, e o que nos cabe fazer para termos um viver vitorioso sobre o pecado.
Primeiro, quanto ao que foi conquistado para nós, temos a liberdade da condenação e maldição da lei, porque Jesus satisfez inteiramente à justiça divina tendo cumprido perfeitamente a lei e morrido sob ela em nosso lugar, de modo que estando livres da lei, o pecado perdeu a sua força para nos conduzir sob a condenação dela.
Em Jesus somos considerados por Deus como estando crucificados e mortos juntamente com ele, de modo que a lei não pode mais condenar quem foi justificado pela fé.
Somos livrados então tanto do domínio da lei, quanto do pecado, e por conseguinte do diabo, que exercia senhorio sobre nós por conta dessa escravidão ao pecado.
O pecado era um usurpador que nos escravizava por violência e tirania, não tendo recebido portanto, da parte de Deus, o direito legal de nos escravizar, e assim, quando recorremos a Cristo, ele teve que abandonar o seu governo sobre nós, cedendo-o à graça do Senhor, quem é que reina agora sobre o crente.

Pelo mesmo poder do Espírito Santo, que nos regenerou e santificou, na conversão pela qual fomos libertados da lei, do pecado e do diabo, e para sermos transportados para o domínio da graça e de Deus, por meio da fé em Jesus, somos também auxiliados por renovações sucessivas da graça para manter o domínio da graça sobre o pecado.
Onde não há luta, não há conquista, não há vitória.
Essa é a razão de ainda permanecer resquícios do pecado nos crentes, para que por meio dos deveres de obediência no exercício da fé no Cristo crucificado, na oração e na mortificação do pecado pela prática da justiça evangélica, a graça entre em ação e demonstre o seu poder sobre o pecado, e que é ela de fato quem agora detém o governo sobre nós.
Com isto Deus é glorificado na obra de Jesus, e aprendemos não somente o quanto o pecado é pernicioso e destrutivo, e quanto a graça nos é tão necessária para uma vida santa e vitoriosa sobre o pecado.
Então, aquelas perguntas iniciais que apresentamos, podem ser respondidas adequadamente por estas considerações que fizemos.
Pois, quando a Palavra afirma que não devemos pecar mais, uma vez tendo nos convertido a Cristo, o que aí se ensina é que apesar de haver resquícios de pecado nos crentes, não é o pecado que detém o domínio legal sobre eles, o qual a propósito nunca possuiu de fato, pois a escravidão que exercia sobre nós antes da conversão era por concessão de nossa vontade, e não por um direito adquirido da parte de Deus, a quem pertence de fato o domínio, o governo e o poder sobre todos os homens.
Vemos quão crucial é pela vontade de Deus que todo crente viva de modo inteiramente santo, que tenha isto por ideal, e que nunca dê trégua ao pecado, ou concessão a um viver pecaminoso, pois temos recebido a graça e o poder do Espírito exatamente para este fim de estarmos empenhados neste bom combate da fé, na luta incessante contra o pecado, até o dia da nossa morte.
O arrependimento, a confissão, o coração contrito, a tristeza pelo pecado, são essenciais para a vitória nesta guerra, e para isto necessitamos da ação do Espírito Santo para criar em nós tal quadro e condição espiritual.
Por isso recebemos um Fiador, uma Garantia na nova aliança que Deus fez conosco através do sangue de Jesus, de perdoar todos os nossos pecados por causa da fé em Cristo, sendo Ele esta fiança e garantia, e a razão de nunca mais sermos rejeitados por Deus.
Então, se alguém está fraco, permitindo que o pecado tenha vantagens sobre a sua vida, é porque tem falhado nos deveres de obediência da fé, da oração, da vigilância, do arrependimento, da confissão, da comunhão, e assim tem sido permitido por Deus, para que se levante e conquiste a vitória com as armas que são espirituais e que compõem toda a armadura de Deus.
Estamos empenhados numa luta contínua para a fé, enquanto estivermos aqui neste mundo e esta somente cessará quando formos para a glória celestial para recebermos a nossa coroa, e isto, se formos achados fieis e empenhados na obra da nossa santificação pelo Espírito Santo, consoante a aplicação da Palavra de Deus às nossas vidas.


Biografia:
Servo de Deus, que tendo sido curado, pela graça de Jesus, de um infarto do miocárdio e de um câncer intestinal, tem se dedicado também a divulgar todo o material que produziu ao longo dos 35 anos do seu ministério, que sempre realizou para a exclusiva glória de Deus, sem qualquer interesse comercial ou financeiro. Aprisionado a Uma Visão Há alguns anos atrás, falou-me o Senhor numa visão que eu fosse ter com os puritanos e com Martyn LLoyd Jones. Exatamente com estas palavras. Por incrível que possa parecer, até então, nunca havia ouvido falar sobre os puritanos e LLoyd Jones. Todavia, de lá para cá, há mais de uma década, não fiz outra coisa tão dedicadamente em toda a minha vida, do que estudar as suas obras, e foi nelas que muito aprendi a ter a consistência bíblica doutrinária que adquiri, e que exponho em meus textos. Mais tarde, fui impelido pelo Senhor a divulgar todo o material que havia produzido como fruto do referido estudo. As obras dos puritanos são muito densas e extensas, e tive que condensá-las e adaptar parte do seu conteúdo para uma forma de linguagem mais atual, tendo no entanto o cuidado, de não prejudicar o teor da mensagem. Você pode ler e ouvir estas mensagens nos meus seguintes blogs e site: http://aguardandovj.blogspot.com.br/ Mensagens Sobre o Tempo do Fim e a Volta de Jesus http://www.verdadeevida.org/ Site com centenas de textos, áudios e vídeos sobre o evangelho verdadeiro (com material dos pastores Charles Haddon Spurgeon, John Woen, John Wesley, John Macarthur, John Piper, Paul Washer, Lloyd Jones, John Wesley, Silvio Dutra, entre outros) http://livrosbiblia.blogspot.com.br/ Comentário dos livros do Velho Testamento http://livrono.blogspot.com.br/ Comentário dos livros do Novo Testamento http://retornoevangelho.blogspot.com.br/ Mensagens em textos e vídeos relativos ao Evangelho Verdadeiro. http://poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/ Poesias sobre o Evangelho Verdadeiro Com Quem Estou Compromissado Quanto aos textos que tenho postado, que são em grande parte relativos a temas religiosos, estou compromissado: - Primeiro, com Deus Pai, com Jesus Cristo e com o Espírito Santo. - Depois com a exposição e interpretação exatas da Palavra de Deus, conforme se encontra na Bíblia. - Com meus amados leitores que têm sido tão gentis e pacientes comigo. - Finalmente, com minha própria consciência, quanto ao dever de ser honesto e verdadeiro em tudo que tenho escrito. Não estou compromissado e nem vinculado a qualquer instituição ou denominação religiosa, de modo que tudo quanto escrevo nunca tem o propósito de defender ou atacar qualquer pessoa ou instituição, mormente quanto às convicções e crenças que elas postulam, senão somente de expor o conteúdo bíblico em toda a sua extensão e profundidade.
Número de vezes que este texto foi lido: 269


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Início, Meio, Fim e Recomeço – Parte 1 Silvio Dutra
Artigos Voltando às Origens – Parte 2 Silvio Dutra
Artigos Voltando às Origens – Parte 1 Silvio Dutra
Artigos Como Ir para o Céu Silvio Dutra
Artigos Santificação – Progressiva ou Instantânea? Silvio Dutra
Artigos A Adoração no Culto Público Silvio Dutra
Artigos Qual é a Nossa Parte? Silvio Dutra
Artigos Domínio do Pecado ou da Graça Silvio Dutra
Artigos Hebreus 1 - Versos 13 e 14 – P1 Silvio Dutra
Artigos Tabernaculando Silvio Dutra

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 2078.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 185073 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 162961 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 160641 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 130267 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 117354 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 76469 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 69475 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 63801 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 59781 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 55325 Visitas

Páginas: Próxima Última