Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ESPELHO QUEBRADO
DIRCEU DETROZ

Mesmo que renascida após duas décadas de Ditadura militar, chegando aos trinta anos nossa democracia já deveria ter adquirida uma identidade. Acho que não é desejo de ninguém que essa identidade tenha a marca a corrupção. Não devemos associar corrupção com identidade. Neste caso, trata-se de um desvirtuamento.

Tivemos três décadas para acertar. Hoje é sabido que erramos muito mais do que acertamos. É fácil apontar o dedo para os políticos e blasfemar nosso veredito: Culpados. Uma forma que encontramos para nos isentar da nossa parcela de culpa. Que é maior do que ousamos admitir.

Os brasileiros chegarão a outubro tentando colar os cacos de um espelho quebrado. Se é verdade que um espelho quebrado traz anos com falta de sorte, esses anos chegaram antes mesmo do espelho quebrar.

Temos um espelho quebrado, velho, ultrapassado e nenhuma perspectiva de adquirir um espelho novo. Então nossa única opção e juntar os cacos. Se isto já não fosse uma tarefa praticamente impossível, ainda nos deparamos com vários espelhos diferentes sendo recolados.

Todos fazem questão de mostrar as caras dos seus preferidos nos cacos. Sem estudar e nem entender o que de funesto ela representou para o Brasil, alguns flertam com a imagem refletida dos generais. Que eles estão adorando essa massagem no seu ego, isto é inegável quando resolvem dar seus pitacos.

A maioria das carinhas que ousam aparecer nos cacos mais ao centro do espelho não foram lavadas, mas abatidas pela Operação Lava Jato. Preso sem estar atrás das grades, Lula continua fazendo acenos desesperados para que os cacos do espelho possam juntá-lo novamente. No Brasil sempre existe a possibilidade de “faz de conta...”

Os analistas políticos quando convidados a opinar, costumam pontuar a falta do novo. O novo existe. Ele está muito mais à esquerda do que um dia Lula ousou ir. Os caquinhos deles são tão diminutos que poderão sobrar quando o espelho for finalmente remontado.

E um erro afirmar que a direita está personificada na figura de Bolsonaro. Bolsonaro é um típico lobo solitário que tem conseguido uivar mais distante, e vem fabricando currais no seu território. Chegando a “lobo alfa” será logo destituído pela matilha.

Emprestando a ideia dos versos de Renato Russo, nos deram um espelho quebrado e vimos uma democracia doente e sem identidade. Sua febre arde com o ódio. Certamente em outubro haverá um vencedor, mas não um espelho novo. A constatação apesar de triste é real. Estamos nos especializando em colar caquinhos. E gostando!


Biografia:
Sou catarinense, e tenho 59 anos. Natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Escrevo no jornal há oito anos. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br. Também mantenho um blog com todas as minhas colunas. http://dirzz.blogspot.com.br/ .
Número de vezes que este texto foi lido: 27638


Outros títulos do mesmo autor

Poesias VOO NOTURNO DIRCEU DETROZ
Crônicas MUITO ALÉM DO MEL DIRCEU DETROZ
Poesias GANGORRA DIRCEU DETROZ
Crônicas A VARIÁVEL ESQUECIDA DIRCEU DETROZ
Crônicas O HIPNOTISMO DAS IDEOLOGIAS DIRCEU DETROZ
Crônicas NO UNIVERSO TUDO É ONTEM DIRCEU DETROZ
Crônicas UM "JUÍZO FINAL" DIRCEU DETROZ
Poesias ESTIBORDO DIRCEU DETROZ
Crônicas AINDA É ELA DIRCEU DETROZ
Poesias ESCOLHA DIRCEU DETROZ

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 881.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 29090 Visitas
Um céu de estrelas - Angelita Penalva 27858 Visitas
Gratidão a um amor verdadeiro - Paulo Vieira da Silva 27831 Visitas
Vida de perro: el rimbaldiano "caso Udonge" - udonge 27791 Visitas
Amores! - 27791 Visitas
Pra Mim, Fui Eu - Carlos Artur Paulon 27789 Visitas
Desabafo - 27780 Visitas
O Eterno Retorno - Angelita Penalva 27747 Visitas
Sentença poética - Jhonata Antonio 27742 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 27738 Visitas

Páginas: Próxima Última