Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Foi se um dia ser ver um mês
Amargo poeta

Sigo uma nova estrada
Busco um novo dia
Palavras de paz
Calar o silêncio
E dizer que não sou o heroi de seus sonhos
A base da estrutura
Na casa revestida de loucura
Apenas sua pintura
Distante dessa cura
Toda essa lucidez
Entrego na minha embriaguez
Foi se um dia, sem ver um mês
Armadilhas do tempo
Apenas a morte
Dos nossos momentos


Biografia:

Este texto é administrado por: Dan Oliveira
Número de vezes que este texto foi lido: 773


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Onde nós estamos? Amargo poeta
Poesias Foi se um dia ser ver um mês Amargo poeta
Poesias Tudo o que deseja ser Amargo poeta


Publicações de número 1 até 3 de um total de 3.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 185341 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 163197 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 162028 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 130480 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 117607 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 79768 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 69667 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 64469 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 60063 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 55556 Visitas

Páginas: Próxima Última