Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Eu ainda choro
Michel Proença

Tanta coisa errada nessa vida,
estou sozinho, hei deprimido,
desvelo um sorriso falso,
as vezes retribuído.

Me acostumei,
as porradas desta vida,
curaram minhas feridas,
mas ainda choro,

Como uma rosa num canteiro,
se defende com os espinhos que ferem seu assassino,
assim sou eu, palhaço no palco,
sorrindo, mas deprimido.

Eu tenho asas, eu vou pular,
Me desculpe ter sumido,
estava me encontrando
neste mundo tão vasto,
neste vasto mundo perdido.

Mas você sabe, exagerado eu nunca fui,
apenas retribui o amor que tive,
que recebi quando menino.

As pancadas que me deste,
não se comparam as que recebo, sem compaixão,
mostro a face,
pois foi assim que me ensinaste.

Sou seu menino já crescido mãe,
peço que espere, não me encontrei ainda,
mas sou seguro,
pois sei que aonde eu estiver,
seu sorriso me encontrará.

Mas você sabe,
eu ainda choro,
pois sei que nada se iguala ao que espera todo menino,
pois sei que nada se iguala ao colo de nossa mãe,
seu colo, sou seu menino.

Eu ainda choro mãe!


Biografia:
Olá, sou Michel Willian, estudante de Engenharia, nascido em 01 de setembro de 1996. Nasci em uma família humilde, na qual desde muito cedo aprendi os reais valores da vida. Tenho muitos sonhos/objetivos e um deles é se tornar escritor! Compartilharei aqui minhas escritas, espero que gostem!
Número de vezes que este texto foi lido: 1432


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Homem de princípios Michel Proença
Poesias Uma forma de amor Michel Proença
Poesias Entregue-me flores Michel Proença
Poesias As quatro estações Michel Proença
Poesias Erga os olhos Michel Proença
Poesias Da morte, eu tenho medo Michel Proença
Poesias Trilha de rochas Michel Proença
Poesias Quando a morte aproxima-se da alma Michel Proença
Poesias Sincera edvânia Michel Proença
Poesias Poesia ao mouco Michel Proença

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 28.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 185985 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 166086 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 165460 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 131115 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 118178 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 81469 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 70204 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 65838 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 60918 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 56193 Visitas

Páginas: Próxima Última