Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Intriga-me a vida
Michel Proença

A correria rotineira
nos torna despercebidos,
intolerantes, impacientes,
rumo ao mesmo destino.

A ambição em nossos olhos,
desfoca todo este brilho,
a natureza não se esconde,
sempre em nosso caminho.

A dor invade o peito quando a morte se aproxima,
quando surda toma a si,
nosso ente mais querido,
quando surda, dissipa,
a única luz que llumina.

Nossos gritos agoniantes,
demonstram todo este ais,
escorrendo sobre a face,
o tempo não volta atrás.

Ao nascer da Alvorada,
nossas almas já lavadas,
pelas lágrimas tão puras,
escorrendo-se em ais.

Relembrando tristemente,
os momentos de agonia,
tornamo-nos impacientes,
na rotineira correria.

Diante da dor repentina,
a ambição põe-se a esvaecer,
a natureza não se esconde,
um novo brilho torna a aparecer.

No rotineiro dia a dia,
ao nosso lado a penumbra caminha,
intrigando-me mais que a morte,
intriga-me agora, a vida.


Biografia:
Olá, sou Michel Willian, estudante de Engenharia, nascido em 01 de setembro de 1996. Nasci em uma família humilde, na qual desde muito cedo aprendi os reais valores da vida. Tenho muitos sonhos/objetivos e um deles é se tornar escritor! Compartilharei aqui minhas escritas, espero que gostem!
Número de vezes que este texto foi lido: 29


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O mundo está em guerra Michel Proença
Poesias Humanidade é má Michel Proença
Poesias Intriga-me a vida Michel Proença
Poesias Louco em equilíbrio Michel Proença
Poesias Que mundo é este? Michel Proença
Poesias Pôr do sol Michel Proença
Poesias A esperança há de brilhar Michel Proença
Poesias Tornaria o meu espírito Michel Proença
Poesias Noite Chuvosa Michel Proença
Poesias Clamor do coração Michel Proença

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 17.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
Amei! Que droga! - Fabiano Vaz de Mello 207862 Visitas
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 182195 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 143374 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 143225 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 127853 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 66916 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 61472 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 57082 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 56885 Visitas
Entenda de uma vez por todas o Hino Nacional - Fabbio Cortez 56732 Visitas

Páginas: Próxima Última