Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A VINDA DE JESUS- O COMERCIAL MAIS LUCRATIVO DO MUNDO!
A promessa mais controversa e lucrativa dos últimos 2 mil anos
ANTONIO FERREIRA BISPO

Resumo:
Se o bem atrais coisas boas e repele o mal, por que toda tragédia ocorrida no mundo é simbolo da vinda de Jesus?

A VINDA DE JESUS E AS MAZELAS QUE ESTA ATRAI AO MUNDO
A promessa mais lucrativa e controversa dos últimos 2 mil anos
Se o bem atrai coisas boas e repele o mal, por que toda tragédia ocorrida no mundo é símbolo da vinda de Jesus?
*Por Antônio F.Bispo
Dizem que quando ele nasceu há dois mil anos o seu nascimento trouxe de presente a morte pelo fio da espada de todos os bebês de sua idade na região onde ele morava. Centenas de mães desesperadas chorando por que Herodes mandara matar todos os seus conterrâneos de até dois anos de idade, apenas com receio que esse tão esperado salvador lhe viesse roubar o trono.
   Agora, depois de 2 mil anos muitos esperam sua volta, e quais os sinais de sua vinda? “Pai contra filho, irmão contra irmão, nação contra nação, terremotos, fomes, pestes e guerras” ...
   Por que um ser cheio de luz, feito na própria essência do amor, filho do próprio deus e deus encarnado em segunda pessoas atrai tantas desgraças quando chega em algum lugar?
   É sabido que flores atraem abelhas que produzem um delicioso mel.
   É sabido que cadáveres atraem abutres, chacais ou outros tipos carniceiros.
   Por que a volta do filho de deus tem sido aguardada com desgraças e todo tipo de tragédias ao planeta?
   Sendo ele a fonte primordial de luz e amor, seu retorno, ainda que distante estivesse a milhares de anos luz de nossa galáxia, não deveria produzir mudanças profundas para o bem no comportamento humano e em toda natureza que “sofre pelo pecado com dores de parto”?
   Com a presença do ser supremo da luz, as pessoas deveriam se encher de amor, paz, esperança, longanimidade, compaixão e mansidão. Todas as guerras deveriam cessar e a paz entre homem, animais e a natureza deveria reinar. Sem falar que ele foi embora e prometeu estar presente todos os dias por meio de uma pomba branca, até que ele mesmo viesse outra vez. Ou seja, ele não foi totalmente por que ficou aqui o tempo todo por meio de sua segunda pessoa, sendo que ele mesmo vai voltar de novo. Entende? Não procure entender, apenas creia (é o que dizem seus representantes aqui)!
   A presença si próprio por meio de sua terceira pessoa aqui na terra deveria causar equilíbrio ao mundo por ser essa uma força extremamente forte, e que diz produzir os 9 frutos dos espirito de deus, mas parece não estar funcionando direito. As coisas andam ruim, principalmente no meio dos seus “escolhidos” e quanto mais se aproxima o dia de sua volta, as coisas ficam piores ainda, como se fosse um ser das trevas que estivesse chegando. Se a bíblia tivesse sido canonizada depois do filme guerras nas estrelas, eu diria que a volta de Jesus teria sido inspirado no personagem de Darth Vader, aquele sujeito de poder negro, que sua simples presença causa desequilíbrio total por onde passa. Não sei por que comparar a volta do cara que é feito de puro amor, como tudo de ruim que no mundo acontece. Criar um salvador do nada, juntando partes de vários outros salvadores dar nisso. Um ser bizarro, em que sua personalidade não condiz com o que se escreveu a respeito dele.
Com a “vinda de Jesus”, o que vemos crescer é o oposto do bem, e não a redução do mal. Muitos dizem que isso tem de se cumprir por que ele falou. Nesse caso, ele rogou pragas a humanidade? Se suas palavras tem tanto poder, por que ele não proferiu coisas boas ao nosso respeito antes de ir embora? Era só ele dizer que quando ele tivesse próximo de vir, tudo iria automaticamente ficar em equilíbrio. Então a humanidade não pode mudar seu destino só por que alguém escreveu num livro sagrado coisas más ao nosso respeito? Nesse caso estaríamos sendo influenciado por suas palavras que conduzem para o mal nossas ações e não por nossa própria vontade. Nesse caso não seriamos pecadores, antes sim marionetes de profecias ditas por alguém que não tendo o que dizer, falou bobagens. Nesse caso, ele morreu em vão para nos salvar sendo que lançou uma má sorte sobre nós! Ou será que ele estava agindo apenas como um vidente barato, fazendo previsões chulas para depois aparecer na mídia da época?
   O nível de contradição entre ás várias vertentes do pensamento cristão é tão gritante que chega a beirar o estouro dos “tímpanos” de nossa consciência, porém nos fechamos em nós mesmos e nos fazermos de surdos, com medo de represália daqueles que em concílios secretos forjaram todas as bases para tais crenças. Eles inventam um deus, um rito, um mito, ou um salvador e dão para o povo usar com prazo de validade limitada. Quando a imagem daquele ser estar desgastada é só substituir por outra.
   As mesmas pessoas cristãs que acreditam que suas vidas podem ser influenciadas por planetas e constelações que estão a bilhões de quilômetros de distância, não acreditam que elas mesmas possam ser influenciadas para o bem por aquele que eles dizem estar tão perto, presente desde a fundação dos séculos: deus, seja ele em forma uno ou trino. Será que a presença de deus em primeira ou terceira pessoa tem menos poder de influência do que os astros?
Os mesmo crentes que compram diariamente bugigangas ungidas para serem abençoadas ou que inserem em seus lares imagens de santos para serem abençoadas por estes enquanto se curvam a esta, não acreditam que os três deuses juntos em uma trindade, acompanhada ainda de Maria a “mãe de deus”, também possam influenciá-los para o bem. Pra que serve então tantos amuletos sagrados, tantas rezas, tantos cultos e tantas devoções se o diabo, sem fazer absolutamente nada, conseguem influenciar sozinho mais pessoas que toda a hierarquia de santos juntos? Para que serve tantos apetrechos sagrados se a própria vinda de Jesus, trará como coroação todas as mazelas inimagináveis ao homem? De nada adianta comprar objetos sacralizados por mercadores de tolices, se o próprio Jesus, o salvador, dizendo que sua vinda será precedida por desgraças. Estão gastando dinheiro em vão! Nem adianta fogueira santa pra sua família ficar em paz, se ele mesmo disse que ia pôr em guerra sua família quando estivesse próximo de vir. Que deoideira! Quanta insanidade! Quanta confusão!
   Desse modo temos um deus na primeira pessoa que olha tudo, ver tudo, sabe de tudo e nada faz para não intervir no livre arbítrio das pessoas, principalmente nos dos marginais, estupradores e sua equipe de ungidões alguns entre esses pedófilos e adúlteros, mas interfere de imediato na vida de quaisquer pessoas que questione sua forma misteriosa de trabalhar.
   Temos um deus em segunda pessoa que quando veio a primeira vez deu de presente a morte de todas as crianças de sua idade, e agora quando sua vinda se aproxima, traz prejuízos não somente a raça humana, mas aos animais, plantas e toda a natureza de modo geral.
   E temos também, o deus em segunda pessoa, em forma de pomba invisível, que ficou como substituto do próprio jesus, mas que tem pouca ou nenhuma influência sobre o comportamento humano de modo geral, sendo utilizado apenas pelos crentes pentecostais para fazerem papeis ridículos nas igrejas, falando palavras ininteligíveis, batendo cabelo e se contorcendo pelo chão, além de revelar que um crente comum tomou um copo de vinho as escondidas, enquanto faz questão de ocultar que o chefão maior estar tendo caso com algumas irmãs casadas, ou abusando sexualmente de crianças e incapazes.
    Grande utilidade tem essa trindade cristã! Um zero à esquerda talvez seja mais útil para resolver questões matemáticas do que esse modelo de deus 3 em 1 que pouco ou quase nada influencia para o bem as pessoas! Deve ser por isso que fora dos círculos evangélicos as pessoas tem de se basear nas influencias dos astros, cartas e búzios para reger suas vidas e dentro dos círculos dos que se acham melhor que todos os demais, precisam comprar objetos ungidos, viverem correndo atrás de visões, revelações e profecias ou se submeterem aos diversos tipos de abusos por parte dos líderes para serem influenciadas e abençoadas de algum modo. Comprar um amontoados de deuses pirateados de outras culturas dá nisso! Tem de comprar sempre o um produto auxiliar para completar. Não se preocupe. As igrejas tem todo tipo de produto auxiliar para complementar seus deuses e suas ideologias.
   O problema é que as irão passar a vida inteira nesse círculo vicioso: servindo a uma trindade que tudo pode, e ao mesmo tempo, afirmando de forma não verbal que a tal trindade para nada serve, já que vivem a buscar todo tipo de influência externa como complemento.
Não dar pra definir com exatidão o que trouxe e trás mais alienação as massas: o conceito de um cristo que morreu para salvar a humanidade dos seus pecados e mesmo assim as pessoas tem de pagar tributos as lideranças religiosas para não serem condenadas, seu nascimento virginal sendo metade homem e metade deus ao mesmo tempo, o conceito de ficar enclausurado dentro de recintos religiosos para poder ser salvo em sua vinda.
   Todo esse aparato de crenças impostas, só conseguira sobreviver literalmente a fogo e ferro. Todas as pessoas que combateram a manutenção de tais produtos alienatórios ao longos dos séculos foram mortas, perseguidas ou demonizadas por aqueles que precisam enganar e mentir para continuarem no poder. Todo esse conjunto de invenções montadas teriam sido desfeitas desde o início se não fosse usado a coação física e psicológica como ferramenta de conversão desde o princípio até hoje.
    Um deus que precisa ameaçar pessoas para ser aceito, amado e adorado. Uma igreja que precisa ameaçar pessoas para continuar existindo, lucrando e dominando todo o comportamento humano. Um procura sustentar o outro em dias de crises, mas basta um espirro de questionadores, para que o “corpo santo” da igreja reaja, deixando de prontidão os “antibióticos do senhor”, que são os inquisidores da fé, e pessoas que acham que usando dois ou três versículos bíblicos conseguem explicar toda a verdade do universo para calar pessoas que pesquisam sobre tudo, leem sobre tudo e não medem esforço para buscar a verdade seja ela onde estiverem. Tais atos de repressão dos “anticorpos ungidos”, servem apenas de anestesia local, pois em outra parte do corpo, o vírus da razão e da lógica procuram espaço para entrar e mudar o sistema imunológico dos indivíduos eliminando as neuroses, paranoias e esquizofrenias causadas pelo o enclausuramento em 4 paredes e falta de exposição a luz da razão. Nesses casos, a igreja trata questionadores como um câncer, e se preciso for remove até o tecido “são” para extrair aquela “doença” e quando faltar os argumentos, a santa igreja não se envergonha em usar ferramentas de torturas ou demonizar a imagem das pessoas para se manter de pé, sejam essas pessoas vivas ou até aqueles que não estão entre nós mas deixaram um legado de honra, combatendo os abusos cometidos pela mesma.
   A ideia da vinda de Jesus é um negócio muito lucrativo. Não seria muito eficiente nem traria muita rentabilidade criar apenas um perfil de um deus que se tornou homem, que era homem e deus ao mesmo tempo e que morreu para depois reviver glorificado. Se fez necessário dizer que ele um dia voltaria para levar somente aqueles que acreditassem nessa história. De que outro modo as pessoas iriam permanecer pagando tributos em igrejas e se submetendo a todo tipo de abuso se não fosse baseado nessa promessa? Os vendedores da fé não teriam um cliente se quer iriam declarar falência logo nos primeiros dias de negócio.
Primeiro enche as pessoas de medo. Depois vendem a esperança pelo preço e condições de prazo que quiserem. Nesse ponto, quase todo cristão se torna um sujeito hipócrita e orgulhoso, pois cria-se a falsa ideia de que apenas seu agrupamento pequeno e medíocre, será levado para os céus e todo o restante do planeta sofrerá a ira desse deus tremendo. A alegria destes não é apenas saber que uns poucos irão para os céus, antes sim, se certificar que milhões de pessoas fora do seu grupo irão sofrer eternamente no inferno por que não acreditaram em suas crenças. Nesse pensamento de seletividade grupal, é como se várias pessoas tivessem comprando sem saber várias chaves de uma mesma mansão e na ocasião, todos se encontrariam no mesmo portão, decepcionados por nenhum deles poder abrir os portões e tomar posse do bem, mas ao mesmo tempo ficam confortado por saber que se ele não conseguiu, outro também não conseguirá, assim fica tudo bem então. A chave que a igreja vende para os portões do paraíso se chama falsa moral, vaidade, orgulho, soberba, ódio, arrogância e insensibilidade a dor alheia. Essas chaves abrem no máximo a porta da igreja deles. Nenhuma dessas chaves abre as portas do paraíso. Conhecimento e domínio próprio, estes sim podem te inserir em um paraíso ainda em vida.

Nunca houve um comercial tão duradouro e lucrativo quanto o comercial da vinda de jesus. Mesmo antes da mídia audiovisual ou da criação de mensagens subliminares para te induzir a comprar um produto por impulso, que o comercial da vinda de Jesus tem sido uma incessante e infinita fonte de lucro a todos que se apropriam dessa franquia livre para pessoas presas.
Começou sabe-se lá quando oficialmente por um grupo pequeno, e tem sido mantida e propagada nos últimos 1700 anos no mundo ocidental. Todas as culturas do passado desde os temos mais remotos aguardavam o retorno de um messias. O messias cristão é uma mistura de vários deles. Sua propaganda se renova a cada manhã, assim com a promessa de sua volta na mente de quem comprou essa ideia. Quanto mais tempo ele demorar melhor, pois o faturamento dos franqueados aumentam a medida que o caos se instala no mundo. Em partes, o caos se propaga exatamente pelo fato de as pessoas transferirem suas reais a seres do imaginário.
   Desse modo, não se preocupe em organização social. A igreja agradece! Deixe tudo “nas mãos de deus” e não faça nada para tornar o mundo um ambiente melhor e diga que tudo de mal que estar ocorrendo é sinal da volta de Jesus e que ninguém pode fazer nada para reverter tal situação, pois seria o mesmo que tornar cristo em um mentiroso ajudando a concertar o mundo, mostrando que os meios para resolvermos nossos problemas estar em nós mesmo e não no imaginário.
   O messias cristão precisa que o caos se instaure e que não haja ordem social, pois ele mesmo vem destruir tudo pra depois governar por mil anos essa terra e pôr ordem nas coisas. Lembrando que só reinarão com ele somente os escolhidos que levantaram a mão e aceitaram a ele como salvador, sendo capacho de líderes gananciosos por toda uma vida aqui na terra. É vetada a entrada de pessoas honestas, ordeiras e justas no reino de cristo. Ele precisa tornar seus filhos pobres e miseráveis pecadores para poder resgatá-los de um mal que ele mesmo inventou.
O retorno de um pai ausente e amoroso depois de muitos anos longe de casa, deveria ser de gozo para os seus filhos, pois o mesmo se fosse tão amoroso quanto a propaganda lhe sugere, deveria voltar para casa com doces, presentes, roupas e mantimentos para seus filhinhos, já que ele mesmo afirma ser pai de todos e ter nos amados mesmo antes que nós o amassemos, sendo nós ainda pecadores. Mas o retorno de cristo será diferente. Os sinais de sua vinda não será de gozo e alegria, mas trará danos nunca antes vistos a toda criação, de homens a animais.
Segundo o emaranhado de crenças do cristianismo, o seu messias ao retornar trará consigo dores, sofrimentos, misérias, castigos, mortes e inferno eterno a milhões de pessoas. Eis a prova de sua bondade e infinito amor pela humanidade: ele se ausenta durante “somente” 2 mil anos sem dar as caras pessoalmente aos seus filhinhos, deixando que as pessoas más, corruptas, inescrupulosas e manipuladoras o representem de modo aberto e ilimitado, depois retorna todo irado, cheio de revoltas, exatamente para punir os que por engano queriam ser fiéis a ele e seguiram a imagem errada do messias ao invés de punir quem os manipulou. Pode umas coisas dessas? Existe prova de amor maior que essas? Existe compaixão pela humanidade maior que essa? Existe incoerência maior entre o que estar escrito e o retrato falado desse messias? Ele prometeu voltar antes que o último dos discípulos do seu grupo viesse a morrer, já se fazem dois mil anos, e agora vem castigar o mundo pela rebeldia? Santa paciência! Um pouco mais de lógica nos fatos por favor!
Que pai em sã consciência se ausentaria por tanto tempo e voltaria para punir seus filhos, culpando-os pela negligencia causada pela ausência dele mesmo? Nem um serial killer faria algo desse tipo. Aos genitores cabem a responsabilidade de cuidar, instruir e dar exemplo material a todos os seus filhos gerados, e não entregar nas mãos de abutres mal intencionados e depois exigir perfeição no comportamento destes. Até no reino animal vemos essa ordem natural das coisas, onde mães e pais, independentes do tamanho e do perfil físico, lutam até a morte com predadores para proteger suas crias. Do reino celestial, cheios de criaturas surreais deveríamos esperar coisas melhores e não piores! Mas ele achou melhor escrever a punho um livro de capa preta com 66 ou 73 livros, jogar de lá de cima dos céus com capa e tudo (como pensam os cristãos), e cada um que o reproduzir, pode criar grupos e dar interpretação própria baseado na sua própria ignorância e ganancia. Onde estar o “conselho tutelar celestial” que não ver uma coisas dessas? Deve estar por ai, ocupado demais com os crentes pentecostais que enxergam demônios nos refrigerantes, na maionese, nos desenhos animados e nas músicas infantis, por isso fica gastando o tempo útil dos guardiões celestiais com coisas bobas ao invés de analisarem o comportamento desse pai ausente que entregou a responsabilidade de suas crias a vendedores de indulgências e bugigangas ungidas.
A menos que um pai gerasse filhos apenas com intuitos comerciais como se fazem com todo tipo de gado criado pelos humanos, ele não estaria nem ai para o modelo de criação que os fazendeiros dão ao rebanho, desde que no final deem lucro, carne, leite, couro e crias. Será que é por isso que ele incentivou chamar seus filhinhos de ovelhas? Muito suspeito isso! Deve ser por isso que ele só se revela secretamente aos pastores, aos líderes do rebanho, dando ordens suspeitas e controversas o tempo todo. Deve ser por isso que ele se ofende quando alguém tenta investigar, e manda abrir a terra e mata todo mundo como fez com Coré, Datã, e Abirão. Muito suspeito esse modelo de criação de rebanho. Precisa-se urgentemente de abertura de inquéritos para ver se não estar ocorrendo o que aconteceu com os grandes frigoríficos do Brasil. Carne de ovelha tem nome! Os currais de cristo podem estar produzindo ovelhas sem o selo da vigilância sanitária celestial! Por isso tantos cristãos doentes, deprimidos e sensíveis por demais ao terem suas ideias controversas questionadas. Estão inserindo substancias que induzem a loucura e agressões verbais nas raçoes diárias desse rebanho do senhor.
Aproveitando-se do comercial da milenar aguardada volta de jesus, líderes religiosos não aguentam ouvir um anuncio de morte, guerras, desequilíbrio social ou da própria natureza que logo já gritam: Jesus estar voltando! Prepara-te! Aceite-O, é sua última chance! E assim as igrejas lotam e do mesmo modo aumentam o faturamento financeiro de tais casas de câmbio. Quanto mais tragédias sociais e quanto mais fenômenos naturais ocorrendo melhor, por que fica mais fácil de vender esse modelo enlatado de jesus. Pegam algo simples como um desabamento por falta de planejamento urbano, e fazem disso pano de fundo para discurso de um ano inteiro tendo como pano de fundo a volta de um messias. Cada um produzido em fábricas artesanais sem vigilância alguma seu próprio “pão dos céus” para alimentar as almas sedentas. São como abutres, carniceiros, que esperam tragédias acontecer para comer as vísceras das vítimas, ou mesmo ainda com estas vivas, cambaleando pela inanição ou desnutrição, lhe dão bicadas e lhes perfuram os olhos, acelerando sua morte dolorosa.
Por esquecer das aulas de geografia e história e por ter sido lhes roubado o senso crítico, as pessoas esquecem que em todos os lugares e em todas as épocas, sempre houve secas, enchentes, furacões, terremotos, fomes, guerras, mortes e destruição individual ou coletiva e que tais feitos são tão antigos e fazem parte da história do próprio planeta e da civilização humana e não por que estejam atribuídas a volta de Jesus. A mesma igreja que diz que deus criou a natureza perfeita, a gora dize que deus, como recompensa pela volta do seu filho vai usar o ajustamento natural do planeta para nos castigar! É muita incoerência! É muita cargas d’água! Muita mentira e manipulação para gerar renda infinita crescente e constante e chamam isso de obra de deus! Nem em sistemas piramidais de MMN fajuto encontramos tanta insustentabilidade argumentativa para prender pessoas ao sistema. Só roubando a razão das pessoas para lhes imputar tanto absurdo! A volta de um ser tão puro devia ser ladeada por fenômenos grandiosos, pelo alvorecer de toda humanidade, pelos fins das guerras, unificações das nações e banimento total de todo rito litúrgico baseado no castigo-recompensa. Deviam repaginar essa ideia de vinda de Jesus. Dois mil anos apenas contando desgraças! Acontece que estabilidade e equilíbrio não dá lucro para pessoas carniceiras, que depende do caos para sobreviver e que mesmo vivendo num estado de ameba, se sentem como seres iluminados.
Para um jesus pai de todo amor, a quem se atribui ser filho de deus e criador de tudo sendo ao mesmo tempo homem e deus, devia se esperar algo melhor dele. A reparação publica por ter permitido que em seu nome se realizassem tantos crimes seriam o mínimo que ele poderia fazer logo que chegasse aqui. Em seguida deveria perdoar toda a humanidade. Toda! Absolutamente toda, não apenas os que foram inseridos em casas de comércio da ingenuidade alheia, pois se alguma coisa tem dado errado no comportamento das pessoas quanto a expectativa de sua volta, é exatamente pela negligencia paterna dele, de um ser eterno, atemporal, que prevê tudo e assim mesmo deixar o curso das coisas correrem apenas para o segmento do caos. Todo esse amor por parte dele é posto em dúvida, ao lermos que ele quando criou os céus para os que o aceitassem, automaticamente já criou o inferno para os que rejeitassem. É muito amor e ódio envolvido em uma só pessoa!
A bolsa de valor caiu! É a volta de Jesus!
Um furacão causou muitas mortes e prejuízos financeiro! É a volta de Jesus!
Um vulcão entrou em erupção num lugar qualquer! É a volta de Jesus!
Um homem em aflição matou a própria esposa e se matou. É a volta de Jesus...!
Tudo de ruim que acontece no mundo é a volta de jesus! Sempre tem um crente chato pra dizer algo desse tipo! Caramba! Se a volta de jesus só traz mazelas, por que aguardar e desejar seu retorno? Se a volta de um pai bondoso só traz desgraças, quem é o ser do mau ou o diabo nesse história? Se é a sua vinda quem traz desgraças ao mundo, que ele fique bem distante de nós!
Será que esse jesus é um planeta errante de maior porte que quando passa causa uma série de cataclismos devido a atração gravitacional de sua massa? Seria ele o plante Nibiru, tão aguardado pelas mais remotas civilizações? O que ele é afinal? Uma espécie de monstro? Bom rever esse conceito de deus amoroso na primeira, segunda e terceira pessoa. Nada contra algumas crenças religiosas, mas chamar o mal de bom é coisa de gente sem noção.
   Os mitos e arquétipos estão presentes e fazem parte de todo tipo de sociedade. Em alguns casos é uma forma de passar um conhecimento, trazer lições de moral e caráter aos iniciados. Mas tudo tem limite! Manter pessoas num estado mental medíocre por 2 mil anos seguidos já é demais! Isso não é mais um arquétipo, é um construção de concreto, cujo enchimento foi preenchido com o sangue de questionadores. Os verdadeiros mártires não são os que morrem todos os dias sem negar a cristo. São exatamente os que tiveram a ousadia de enfrentar o sistema e não se dobrarem aos abusos cometidos por aqueles que vendem a desgraça como sendo esperança. Os valores tem de ser reavaliados ou a história precisa ser reescrita.
Para que alcancemos uma nova etapa em nossa evolução como seres humanos, todo tipo de crença tem de ser questionado. A crença no modelo de deus abraâmico e seus derivados sãos os que tem um urgência maior na repaginação para o bem se preciso ou descarte total.
   Um brinde a sanidade!
Texto escrito em 19/8/17




Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 237


Outros títulos do mesmo autor

Discursos A GRANDE QUESTÃO DOS SÍMBOLOS SAGRADOS ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios NÃO "COMPRE" UMA PESSOA PELO SEU TÍTULO ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios HERANÇAS DA INQUISIÇÃO-COMO COMBATÊ-LAS ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios QUEM SÃO OS VERDADEIROS DESVIADOS PARTE 3 DE 3 ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios QUEM SÃO OS VERDADEIROS DESVIADOS- PARTE 2 ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios QUEM SÃO OS VERDADEIROS DESVIADOS? ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios A VINDA DE JESUS- O COMERCIAL MAIS LUCRATIVO DO MUNDO! ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios DE AMPUTADOS A ESCRAVOS INCONSCIENTES ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios AQUELES QUE NÃO TE DEIXAM EVOLUIR... ANTONIO FERREIRA BISPO
Ensaios O QUE NUNCA TE CONTARAM SOBRE "SERVIR A DEUS" ANTONIO FERREIRA BISPO

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 46.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
Amei! Que droga! - Fabiano Vaz de Mello 207867 Visitas
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 182203 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 143465 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 143258 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 127862 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 66923 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 61627 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 57157 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 56908 Visitas
Entenda de uma vez por todas o Hino Nacional - Fabbio Cortez 56745 Visitas

Páginas: Próxima Última