Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O fim de uma história breve.
Unidos por um sorriso, separados pela razão.
José Schriftlich Goldene

O início foi arrebatador.
Deu-se em uma tarde depois de um trem, um metro e um ônibus de terminal, rumo a uma cidadezinha do interior.
Cheguei. Esperei e ela veio para ver aquele a que se tinha unido por um sorriso.
Fomos a uma lanchonete, ela pediu e eu também, comemos e nos dirigimos ao centro da cidadezinha do interior. Foi bom chegar lá com ela, pois me detive com suas palavras e sua presença.
Entramos em um ônibus e deixamos o centro da cidadezinha do interior a pousar em um parque, lá ficamos até a noitinha.
Nesse instante senti seus lábios, ouvi sua voz e seus recados, sua brincadeira do fusca azul e vi o quanto é louca por animais quando estávamos no ponto rumo ao centro.
Eu, sozinho naquele lugar estranho e ela comigo me dando apoio, me senti protegido e feliz.
Decidi ir embora, mas antes passamos no centro novamente; em uma estação e em uma lanchonete. Dei um beijo e me despedi!
Fiquei com uma promessa e ela com outra. O que será que iria acontecer?
Depois de muito tempo encontramo-nos novamente, só que agora no meu centro, na minha lanchonete e na minha estação. Foi breve!
Senti um pouco mais dela e ela de mim.
Ela se despediu de mim com um beijo, tudo assim como na cidadezinha do interior. Ela foi!
Aquela promessa estava de pé, firme, quando eu deixei os recados de minha vida e ela os dela. Sentimo-nos mais um pouco só que longe um do outro, sem tato; estávamos separados por muita estrada.
Estradas, essas que foram pensadas depois desse breve romance findado pela razão das partes.
O importante é que cada um deixou uma parte de si com o outro, uma experiência, acertos e erros que só eles sabem e mais ninguém.
Esse é o fim de uma história breve: unidos por um sorriso, separados pela razão.


Biografia:
José Schriftlich Goldene.'.
Número de vezes que este texto foi lido: 20495


Outros títulos do mesmo autor

Cartas Dia do leitor é dia do escritor. José Schriftlich Goldene
Artigos Para abrilhantar nossa noite... Adam Smith José Schriftlich Goldene
Resenhas Reflexão-Pratico-Argumentativa (R.P.A) Vs Reflexão comum José Schriftlich Goldene
Frases Colheita bendita. José Schriftlich Goldene
Ensaios A Mona, a real Monalisa de Leonardo da Vinci. José Schriftlich Goldene
Poesias A minha flor de cachos negros. José Schriftlich Goldene
Frases Se a sua alma comesse o que escreves, o que ela se tornaria? José Schriftlich Goldene
Poesias O que seria o leitor sem o escritor? José Schriftlich Goldene
Frases Siga a lógica, pense e tire sua conclusão. José Schriftlich Goldene
Frases O que somos na verdade?! José Schriftlich Goldene

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 24.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 183199 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 152327 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 151608 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128642 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67654 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 66390 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 59820 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 59718 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57849 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53807 Visitas

Páginas: Próxima Última