Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Poesia Paulista
Vander Roberto

Bartira leva os seus filhos,
Ao sucesso nacional!
Construímos nossos trilhos,
Grandeza educacional!

Nós trabalhamos,
O conhecimento é a luz,
Em Guilherme espelhamos,
O povo luta e conduz!

A Revolução mostrou,
A liberdade é nosso lema,
E Getúlio se frustrou,
Percebendo o problema!

Do litoral ao interior,
Não gostamos da preguiça,
Alcança tudo o exterior,
O trabalho enfeitiça!

Tibiriçá assim falou,
Cresça esta nova terra,
O paulista rebelou,
E subiu a sua serra!

O café é a riqueza,
O ouro e as jazidas,
A Paulista mostra a beleza,
Ações bem definidas!

As águias no céu surgiram,
Querendo nos tomar,
Os paulistas já agiram,
E logo fomos expulsar!

A paulista é tão bela,
Mãe da nossa nação,
Ela logo se rebela,
Se vem com dominação!

Sguassábia que o diga,
Quando tentaram-na dominar,
Ela foi pouco amiga,
Ao inimigo foi executar!

Os modernistas nos deixaram,
Uma lição generosa,
Na História adentraram,
Suas marcas poderosas!

O Pateo do Collegio viu,
A audácia do bandeirante,
Anchieta anteviu,
Sua alma intolerante!

Resolvidas as questões,
O poeta aqui declama,
Eu aceito sugestões,
Sobre a pátria que proclama!

Na Rua Javari,
O time levanta a taça,
Voltei ao Pari,
Sorrindo cheio de graça!

O triângulo paulistano,
É cheio de história,
Tiramos o poderio lusitano,
Melhorando nossa trajetória!

A escola representa,
O sucesso e a glória,
A sabedoria se assenta,
Permitindo a vitória!

Todo paulista exala,
O cheiro da conquista,
Ele sempre escala,
Luta, luta e reconquista!

Minha terra tem Palmeiras,
Conquistando o canecão,
São conquistas corriqueiras,
Isto sim é cutucão!

A moça bela da esquina,
Mostra toda beldade,
Parecia a Arlequina,
Resultado da diversidade!

Esta é a terra da garoa,
Mais cheias de enchentes,
Agora ela coroa,
Pensamentos divergentes!

Pequena vila foi,
Agora grande cidade,
Já teve carro de boi,
Hoje tem personalidade!

Escrevo que vem na mente,
Não estou nem aí,
Acompanhe regularmente,
Tudo que dela extraí!

Quando vier,
Seja humilde meu rapaz!
Fale com o Xavier,
E fume o cachimbo da paz!

Não arrume confusão,
Entre logo na linha,
Não mostre ostentação,
Trabalhe sem ladainha!

Pensei e fui até Santos,
Já pensava em Andradina,
Muitas terras de encantos,
Eis minha vida citadina!

Quem nada conhece,
Destas terras emergentes,
Logo chora e padece,
Pedindo socorro aos parentes!

Tu é mais um Zé,
Ela outra Maria,
São Paulo e sua fé,
Faça logo Engenharia!

Não leve na brincadeira,
Esta minha indicação,
É chance derradeira,
Para sua edificação!

Outros povos me perdoe,
São Paulo não é para fresco,
Trabalhe um pouco e doe,
O conhecimento livresco!

Vou saindo de cena,
Para um pouco descansar,
Tô cumprindo quarentena,
Vou ler e extravasar!

Autor: Vander Roberto


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 35032


Outros títulos do mesmo autor

Frases Meus fragmentos Vander Roberto
Biografias Um pouco do cacique Tibiriçá Vander Roberto
Artigos Avaliação sobre lugares paulistanos Vander Roberto
Artigos Meu olhar sobre a cidade de São Paulo Vander Roberto
Artigos Análise de Sistemas e História trabalham juntas? Vander Roberto
Artigos Livros que li Vander Roberto
Poesias Poesia para a cidade de São Paulo Vander Roberto
Poesias Poesia Paulista Vander Roberto


Publicações de número 1 até 8 de um total de 8.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 35652 Visitas
1 centavo - Roni Fernandes 35226 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 35224 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 35214 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 35207 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 35203 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 35193 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 35184 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 35176 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 35155 Visitas

Páginas: Próxima Última