Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
NO RITMO, EM TEMPO
Tânia Du Bois


“Há algo maior / que escrever / poesias //
   dançar”                  (Pedro Du Bois)


     Desde tempos remotos, homens e mulheres são fascinados pela dança em salões iluminados. Usamos os sentimentos e respeitamos o nosso ritmo, que rodopia a alma e harmoniza a mente. Segundo Maria Helena Latini, roda constante / Redemoinho? Rodopio / Gente gestos rostos /... Fotos cores lembranças / caderno ternura canções /... Danças promessas encontros / Desencontros mágoas / ritmo riso rascunhos...”
     Dançar é descobrir o próprio ritmo e ter a sensação que se confunde com provocação e diversão, na sequencia de ações que se completam e, ao mesmo tempo, inspiram, no dia a dia, ritmos com passos traçados em riscos, do envolvimento passado a se fazer presente. Como retrata Guillermo G. Infante, no livro Delitos por Dançar chá-chá-chá, contos que refletem o sentimento da lembrança, do amor e da nostalgia, com ritmos harmônicos. Para Pedro Du Bois, “O espaço reservado aos passos revolve o tempo e me confunde em movimentos; sou quem ouve a música no silêncio concentrado entre ouvir e ter a leveza do corpo ao me saber presente. Danço”.
     Qual o sentido real no experimentar a inquietação da dança como encontro e o desencontro, da entrega e recusa, e qual a satisfação que traz ao ser executada?
     Cultivamos a prática da dança e a interiorizamos com a finalidade de vislumbrar sentido maior para a vida: seduzir a imaginação musicando ritmos para definir o que queremos em relação ao outro, porque criamos a necessidade de buscar a dança como divertimento. Encontro em Armindo Trevisan os contos do livro A Dança do Fogo, retratando movimentos eróticos.
     De outro lado, a música tem vida e, quando dançamos, estabelecemos relação entre ela e nós, como prazer e lazer, ao sinalizar o desejo de conviver com outras pessoas. Como em Igor Fagundes, onde “O poeta dança com as palavras / inventa passos / coreografias / ritmos // até // o primeiro tombo”.
     Assim como letra, música e poesia combinam, surge de forma perfeita, o que nos faz acreditar que a força do poema é onda universal na música. A música ao se valer da poesia (tornam-se parceiras) nos atrai para o movimento dos corpos na dança. Ao sentirmos o corpo flutuar; pés e mãos a girar se tornam a expressão do encontro, onde a solidão se desfaz, como nos livros: A Recriação da Mágica ,de Pedro Du Bois e o Livro da Dança, de Gonçalo Tavares. Sempre, o corpo em movimento é a tradução do ritmo na música.


Biografia:
Pedagoga. Articulista e cronista. Textos publicados em sites e blogs.Participante e colaboradora do Projeto Passo Fundo. Autora dos livros: Amantes nas Entrelinhas, O Exercício das Vozes, Autópsia do Invisível, Comércio de Ilusões, O Eco dos Objetos - cabides da memória , Arte em Movimento, Vidas Desamarradas, Entrelaços e Eles em diferentes dias.
Número de vezes que este texto foi lido: 1758


Outros títulos do mesmo autor

Artigos NADA? ESSE É O SEGREDO Tânia Du Bois
Artigos CONVITE à REFLEXÃO Tânia Du Bois
Artigos PLURAL de LEITURAS Tânia Du Bois
Artigos A arte da Escolha Tânia Du Bois
Artigos O TOM da IMPRESSÃO Tânia Du Bois
Artigos ATRÁS DA NOITE Tânia Du Bois
Artigos OPINIÃO:PÚBLICA ou PUBLICADA Tânia Du Bois
Artigos MENTES BRILHANTES Tânia Du Bois
Artigos AVESSO A MÁS NOTÍCIAS Tânia Du Bois
Artigos CONVERSAR com o TEMPO Tânia Du Bois

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 331.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 186198 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 167846 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 167333 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 131355 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 118368 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 81803 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 70384 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 66264 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 61194 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 56395 Visitas

Páginas: Próxima Última