Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A bela e a fera
Rafael da Silva Claro



Walter Casagrande Junior, o Casão jogou muito no meu Corinthians. Qualquer um pode acessar um vídeo no YouTube e confirmar que ele foi um cara legal, além de bom jogador.

Quando ele começou a trabalhar na Rede Globo, algo não combinava: a Globo, uma emissora sempre ligada aos poderosos e apoiadora do Governo Militar, que ele tanto contestou com a Democracia Corinthiana; Casa, com suas firmes posições políticas, era despojado, não se enquadrava em “padrõezinhos”.

Pois na emissora, ele não apenas vendeu sua força de trabalho, soltando comentários óbvios de futebol. O ex-jogador se enquadrou no “padrão” Global. Hoje, o que surpreende é ele não participar daquele número musical de Ano-novo cantando “Hoje é um novo dia...”, ir, de branco, ao especial de fim de ano do Roberto Carlos ou concorrer no Dança dos Famosos.

Até aí, seu passado de jogador suplantava seu presente. Mas ele resolveu ser um “lacrador” de Twitter. Ele não tem critério, cai em contradição sem constrangimento algum. Ele nunca se deu muito bem com a Polícia, mas um autopoliciamento cairia bem. Seria democrático, nada repressivo e bastante saudável.

Como eu assisto futebol, acompanho seus comentários na antidemocrática e, antes, monopolizadora Globo. Antes, ele, com razão, criticou os atletas de hoje, porque não tinham opinião política. Porém “crucificou” Felipe Melo (Palmeiras), que se expressa, mas é bolsonarista. Concomitantemente, elogiou a tomada de posição de uma jogadora de vôlei de praia que gritou “fora, Bolsonaro”. Entendi, manifestação só vale quando é de acordo com o que ele pensa. Justo. Mas ele tem que parar de se dizer “super democrático”.

Eu poderia citar seu portfólio de contradições, mas este texto ficaria prolixo. Excesso de Jornal Nacional e Fantástico o faz enxergar censura e autoritarismo do lado errado. Seu discurso parou no tempo, lembra muito um adolescente deslumbrado com o Centro Acadêmico da faculdade.

Ofensas, brigas e contradições sustentaram o, hoje, comentarista, até ele mexer com quem realmente respeita divergências, não sendo uma democrata de palanque: Ana Paula Henkel. A ex-jogadora de vôlei, é, atualmente, arquiteta e comentarista política. Mostrando-se muito incomodado com a Ana, Casa ofendeu e atacou a vida da ex-atleta, desde sua irrepreensível vida de jogadora. Ele teve, entre outras verdades, como resposta: “Eu sou o menor dos seus problemas” e “Arrume o seu quarto, antes de querer consertar o mundo”. A metáfora vai com um processo judicial de brinde.

E nessa levada, Casagrande vai desconstruindo o grande jogador que ele foi, para tornar-se “aquele chato da Globo”. O Casa caiu,   por causa de política...


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 35031


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios Qual é o limite do humor? Rafael da Silva Claro
Crônicas A Seita do Bezerro de Ouro * Rafael da Silva Claro
Ensaios Nasce uma dupla Rafael da Silva Claro
Ensaios Marias-coturnos Rafael da Silva Claro
Humor 1º de Abril II Rafael da Silva Claro
Crônicas Você tem fome de quê? * Rafael da Silva Claro
Ensaios SimCity Rafael da Silva Claro
Ensaios Versão Brasileira Rafael da Silva Claro
Ensaios Amor, I love you Rafael da Silva Claro
Ensaios Futebol feminista Rafael da Silva Claro

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 108.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 35639 Visitas
1 centavo - Roni Fernandes 35226 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 35224 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 35214 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 35204 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 35203 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 35193 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 35184 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 35176 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 35155 Visitas

Páginas: Próxima Última