Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Palavras
Kliver Silva

Não existe palavra, não, não existe.
Palavra que possa mostrar, descrever.
Que possa apagar o tempo e reescrever.
Que possa dar uma categoria, que possa revelar.
Que eu possa escrever.

O indescritível não deveria existir.
Deveria ser apagado, recluso, destruído.

Renegado com o tempo.
Reescrito com letras apagadas.
Caindo em uma simples repetição .
Um ciclo eterno, maldito.

Cada palavra com sua única ortografia
Cada letra com seu único jeito
Datilografada, codificada, simplesmente exposta.
Não consegues ver, não consegues sentir
Não consegue tocar, não consegue escrever.

Pois quando as palavras se perderem
Quando as letras bagunçarem
E quando o mundo apagar, recomeçar
As palavras estarão montadas
e as letras serão reescritas
Reiniciando mais uma vez o ciclo
De maldição para o vazio.


Biografia:
Nada a declarar. Observe, conheça-me.
Número de vezes que este texto foi lido: 203


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Calmaria Kliver Silva
Poesias Palavras Kliver Silva
Poesias Melodia Kliver Silva


Publicações de número 1 até 3 de um total de 3.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 183193 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 152124 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 151568 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128640 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67652 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 66385 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 59781 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 59698 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57847 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53801 Visitas

Páginas: Próxima Última