Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Brincadeiras de criança
Antônio José da Costa

Brincadeiras de criança

Prof Antônio José

Quando ainda era criança
Descia os morros da praia
Brincava de pega-pega
E remava numa catraia
Jogava pião no duro
Pulava cerca e até muro
Para pegar uma arraia

Fazia o meu cavalinho
Com talo de carnaubeira
Meu brinquedo predileto
Era a minha roladeira
Meu carro um caminhão
Feito com muita perfeição
Usando flandre e madeira

Gostava de ir para praia
Jogar bola Canarinho
Mergulhar na onda leve
Apreciar os passarinhos
Descer dunas de cavalete
Soltar no ar um foguete
E parar perto de um ninho

Esperava um vento forte
Para segurar o cata-vento
Olhava para os animais
Ainda tinham os jumentos
Brincava de pipa nos ares
Ouvia a rádio Verdes Mares
Tudo era contentamento

Nas pedras tinha o gojar
A Maria era a farinha
Nas paredes as lagartixas
Na beira-mar, as tainhas
E o menino só brincava
Corria no morro e pulava
E se chamavam, ele vinha

Era um tempo de alegria
E de muita brincadeira
As crianças corriam na praia
Subiam e desciam ladeira
Viviam com a bola no pé
Adoram um pirão de café
E não soltavam a roladeira

A menina ficava horas
Cuidando de sua boneca
Dava banho na bichinha
Que dormia uma soneca
Quando ela se acordava
A mãe o mingau lhe dava
E lhe chamava de sapeca

E o menino pegava a bola
Chamava seus coleguinhas
Todos iam para o morro
Ou para a casa da vizinha
Brincavam com animação
Sem nenhuma frustração
Pois celular ninguém tinha

Hoje é tudo mui diferente
A criança nem brinca mais
Logo que começa falar
Vai para as redes sociais
Só quer saber de um celular
De uma moto para andar
E de músicas internacionais

Saudade daquele tempo
Onde correr era diversão
A criança tinha infância
Não vivia numa televisão
Na frente de uma telinha
De um celular de capinha
Sendo um robô em ação!


Biografia:
Professor do Ensino Fundamental, com 28 anos de magistério, apaixonado por literatura, escreve para ensinar e ensina para escrever.
Número de vezes que este texto foi lido: 50


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Elas Antônio José da Costa
Crônicas Os garis Antônio José da Costa
Poesias Brincadeiras de criança Antônio José da Costa
Poesias Se não fosse o professor Antônio José da Costa
Poesias O rico e o pobre Antônio José da Costa
Crônicas A droga vem Antônio José da Costa
Poesias O Natal Antônio José da Costa
Crônicas Dos mares, o menor Antônio José da Costa
Crônicas Os cachorros lá de casa Antônio José da Costa
Crônicas Praia de Barreiras Antônio José da Costa


Publicações de número 1 até 10 de um total de 10.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 183180 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 152118 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 151516 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128625 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67645 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 66366 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 59693 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 59669 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57841 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53796 Visitas

Páginas: Próxima Última