Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Da janela do ônibus
Bhall Marcos

Papéis jogados no asfalto
Postes passando velozes
O sorriso da menina na calçada
Aves aviões borboletas
Primeiro apeadouro segundo apeadouro
Automóveis motos bicicletas
Namorados no portão
Canteiros gramas flores
Amanhã é domingo
Terceiro apeadouro quarto apeadouro
E mais
bicicletas motos automóveis
Vento na face
Propaganda no muro
Velhos crianças jovens
A escola o bar a clínica
O barrigão da grávida
Sinaleiros buzinas policial
"Vá ao circo"
A vendedora de flores
Freira mendigo carteiro
Árvores
Telhados
Postes devagar agora
O apeadouro final
Parte o ônibus
Eu fiquei
Leva a janela sem mim.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 53221


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Crime organizado Bhall Marcos
Poesias Estátua Bhall Marcos
Poesias Ela não veio Bhall Marcos
Artigos As duas faces Bhall Marcos
Poesias Da janela do ônibus Bhall Marcos
Poesias O poema que não fiz Bhall Marcos
Poesias RAP(volução) Bhall Marcos


Publicações de número 1 até 7 de um total de 7.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Brincadeira tem hora - Cláudio Thomás Bornstein 243 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 243 Visitas
🔴 Arquivos X - Rafael da Silva Claro 243 Visitas
1º jogos da 2ª fase da A2 em 2024 - Vander Roberto 243 Visitas
Seleção brasileira precisa de mudanças - Vander Roberto 243 Visitas
🔵 Tribunal inquisitorial - Rafael da Silva Claro 243 Visitas
🔴 A frustrada “tentativa de planejamento” - Rafael da Silva Claro 243 Visitas
🔴 A pior propaganda do mundo - Rafael da Silva Claro 242 Visitas
Semana de Tensão - Luzilene Alves Ferreira Silva 241 Visitas
E A DESONERAÇÃO QUE NÃO VEIO? - paulo ricardo azmbuja fogaça 239 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última