Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
DEVER SAGRADO
FRANCISCO MEDEIROS QUARTA

DEVER SAGRADO     

Chora de comoção o passaredo!
Já se cobre de negro a terra inteira!
Serás, festa do pobre, a derradeira,
Que esta família faz, com tanto medo!...

Ai, pobre humanidade; és um brinquedo,
Nas mãos da morte, cega e traiçoeira!
Há lágrimas ocultas na lareira…
Mesmo o porco, ao morrer, chora em segredo!

Porque lavamos nós, tão febrilmente,
O leito dum ser vivo e devorado,
Com este pranto, se ele vai morrer!?...

Ouve estes filhos, Pai de Céu, clemente,
Cumprindo um dever triste, mas sagrado!
Que o pai terreno, vivo, os possa ver!


Biografia:
franciscoquarta@sapo.pt

Este texto é administrado por: ANTÓNIO MANUEL FONTES CAMBETA
Número de vezes que este texto foi lido: 28546


Outros títulos do mesmo autor

Poesias QUEIXUME DOS OPRIMIDOS FRANCISCO MEDEIROS QUARTA
Poesias ALMA INQUIETA FRANCISCO MEDEIROS QUARTA
Poesias campanha eleitoral FRANCISCO MEDEIROS QUARTA

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 63 de um total de 63.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
CARACTERES - Ivan de Oliveira Melo 216 Visitas
Mas que viagem! - Maisha Mandisa 216 Visitas
Alegre monte - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 216 Visitas
PROCLAMAÇÃO - BENEDITO JOSÉ CARDOSO 216 Visitas
simplesmente aconteceu - Bernardo Felipe Rotiroti 216 Visitas
Vencer - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 216 Visitas
AMOR OU DOR - Valéria Cenci Valle 216 Visitas
Fases - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 216 Visitas
Pessoa Anônima - Elycyane Yolanda Martins da Silva 216 Visitas
BALADEIRA - BENEDITO JOSÉ CARDOSO 215 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última