Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Europa Sanzio

- Odeio as pessoas! Todos eles!

Repito isso tantas vezes. Já nem digo, apenas falo. No início havia o êxtase em confessar isso ao mundo, havia também o sentimento de fidelidade aos meus princípios. Continuo odiando todos. Cada um. Amo a humanidade, porém, as pessoas, separadas, são, cada um, mundinhos mergulhados em nada. Se olho de um em um, detesto cada. Mas no geral, quero somente o melhor para eles. Desejo tanto isso que acabo por odiá-los, porque sei que suas vidas somente passarão. Mas será mesmo que se eles fossem, cada um, mundinhos incríveis, eu os amaria em individual e ainda mais como um todo? Provavelmente não. Sentiria inveja deles, colocar-me-ia menor do que já me ponho.

Desprezo é o que sinto por cada um, mas como me dói, como! Saber que eles também me odeiam. Faze-los me odiar está dentro dos meus princípios, bem sei. Pois com cada gesto meu, tão sugestivo de desprezo por cada um, não haveria como eles me quererem bem. Não há outro jeito de ser fiel a mim sem ser detestável pelo resto. Meu único conforto, no meio de todo esse ódio e das falas e gestos de desprezo, é saber que eu conheci a mim mesma. Não me corrompi.



Biografia:
Leio desde criança, quando comecei a achar o mundo enfadonho em demasia. Escrevo desde a adolescência, quando senti a necessidade de dissertar sobre aquele mundo tão tedioso. Prazer, sou Europa!
Número de vezes que este texto foi lido: 132


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Confissão de um crime Europa Sanzio
Crônicas Quietação Europa Sanzio
Poesias Dois é par Europa Sanzio
Contos Post Mortem Europa Sanzio
Poesias Átimo Europa Sanzio
Contos Noites Ordinárias Europa Sanzio
Contos 26 de Julho Europa Sanzio
Contos Era Dezembro Europa Sanzio
Contos Sussurros que te cantei Europa Sanzio
Poesias Sentindo Europa Sanzio

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 21 até 30 de um total de 61.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
AS CLÁUSULAS PÉTREAS: INALTERÁVEIS ou NÃO ? - francisco carlos de aguiar neto 32244 Visitas
O mundo infantil - helena Maria Rabello Lyra 31939 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 31130 Visitas
Nobres Loucos - Wesley Necreto 30852 Visitas
FIO DA ESPADA - Tércio Sthal 29829 Visitas
Origens da Bandeira do Brasil - Marco Antonio Cruz Filho 29572 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 29229 Visitas
viramundo vai a frança - 29059 Visitas
camaro amarelo - 29014 Visitas
eu sei quem sou - 28852 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última