Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
AUTÓGRAFOS
Tânia Du Bois



“... Preto / no branco / pretexto / as linhas meditam / Me ditam e assinam..” (Max Martins)

     Estava lembrando como os escritores e leitores, na sessão de autógrafos, se reconhecem; há lealdade, liberdade e apoio entre eles. É um processo específico, porque ambos procuram e acreditam na cultura, na criatividade e na emoção ao pegarem o livro nas mãos. Como demonstra Pedro Du Bois, no conto Autógrafo, “Livros usados. Sebo. Carinhosa forma como entendemos ficarem os livros após o primeiro manuseio. Sebos. Lustrosos da gordura e do suor desprendidos das nossas mãos e dedos. O hábito de molhar o dedo na língua para virarmos as folhas. Hábitos salutares de leitura...”.
     O autógrafo é maneira privilegiada de estabelecer conexão com o autor / obra / leitor. Com isso, o desejo voluntário de se adaptar a novas escritas, ideias e tempos. É através das novidades que se adotam novas atitudes onde há liberdade e possibilidades de existência, na representação do nosso conhecimento e sabedoria.
     Acredito que nos encaminhamos para sermos “pessoas universais”, pois, ingressamos nas áreas tradicionais e históricas como conceito, ao percebemos o poder do enriquecimento cultural.
     Pedro Correa do Lago é colecionador de autógrafos desde os 13 anos. Também é rato de sebo e leilões, também, autor do livro Documentos Autógrafos Brasileiros na Coleção Pedro Correa Lago. A obra apresenta pequena amostra da sua coleção, sendo tida como a maior do gênero no Brasil. Ele gosta de ter o autógrafo, como se nele estivesse um pedaço do autor; senti-lo ao passar a mão e pousar os olhos onde estão as palavras de alguém importante, ou de quem já morreu; valorizando o papel autografado, sente que invade outra vida e outro tempo.
     Colecionadores são chamados de caçadores de autógrafos, pois perseguem o critério de raridade na obra colecionada. Quanto mais rara, mais valiosa. Outra característica do colecionador é que, para ele, o documento autografado é um manuscrito. Não precisa necessariamente ter assinatura, também podem ser correções e hesitações dos autores, como: riscos, flechas alterando o parágrafo; palavras escritas para modificar o texto; o mais importante é a obra como documento. A importância do colecionador é que ele está sempre atento para que não caia no esquecimento e no lixo o papel “velho”.
     O autógrafo é forma de arte, que está na folha de rosto do livro, como principal nota do autor; é história fascinante e magicamente sedutora. Simbolicamente, leva o leitor a vivenciar o possível na vida do escritor e na sua obra; há troca temporária de identidade, onde o leitor pode construir um mundo imaginário, como grande desafio de sua vida. Segundo Max Martins, “O livro nos lê... torna a palavra visível...Só o leitor é real...O poeta dá à obra o seu nome. O leitor, a sua imagem.”


Biografia:
Pedagoga. Articulista e cronista. Textos publicados em sites e blogs.Participante e colaboradora do Projeto Passo Fundo. Autora dos livros: Amantes nas Entrelinhas, O Exercício das Vozes, Autópsia do Invisível, Comércio de Ilusões, O Eco dos Objetos - cabides da memória , Arte em Movimento e Vidas Desamarradas.
Número de vezes que este texto foi lido: 52


Outros títulos do mesmo autor

Artigos A BUSCA da BELEZA Tânia Du Bois
Artigos PÁTINA DO TEMPO Tânia Du Bois
Artigos SÍNDROME das PALAVRAS Tânia Du Bois
Artigos PEDRAS DO DIA Tânia Du Bois
Artigos A CARTA Tânia Du Bois
Artigos NATAL: tempo dos desejos Tânia Du Bois
Artigos Tantas PERGUNTAS para meia RESPOSTA Tânia Du Bois
Artigos NO RITMO, EM TEMPO Tânia Du Bois
Artigos ESTANTE Tânia Du Bois
Artigos QUANTO TEMPO CONSEGUIMOS FICAR SEM O CELULAR? Tânia Du Bois

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 318.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
Piscianas, as mulheres mais próximas dos sentimentos. - Nandoww 51093 Visitas
CULTURA AFRICANA E SUAS INFLUÊNCIAS NA CULTURA BRASILEIRA - Ismael Monteiro 50224 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 47354 Visitas
Banco de Questões - China - Agrário Conrado 43783 Visitas
The crow - The Wiki World - The Crow 43184 Visitas
Banco de Questões - Japão - Agrário Conrado 41604 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 37940 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 36429 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 35322 Visitas
AS CLÁUSULAS PÉTREAS: INALTERÁVEIS ou NÃO ? - francisco carlos de aguiar neto 34365 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última