Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A visita de Macron ao Brasil - Março/2024
Vander Roberto

O Presidente da França, Macron, apareceu no Brasil para uma série de eventos e reuniões encontrando com o Presidente Lula. A parceria Brasil com a França dará início ao ano francês em 2025. Outras pautas foram tratadas na agenda como a parceria Mercosul/UE ao qual Macron não quer negociar nos termos sul-americanos pois prejudicaria demais o grupo agrícola/pecuarista francês e europeu.

Historicamente, Brasil e França rendem muitos assuntos desde a chegada em nossas terras para a criação da França Antártica no século XVI onde hoje é a cidade do Rio de Janeiro, a Revolução Francesa em 1879, a fé em Joana D'Arc, toda um influência literária no século XIX, Filosofia e o futebol, as cantoras Mireille Mathieu e Edit Piaf, Charles Asnavour, sem contarmos outros saberes que muito influenciaram nossa sociedade.

A leitura feita por Macron é resumida da seguinte forma: aquilo que não interessa para a França não serve para a Europa. Ele deseja colocar a França no centro das negociações da UE e entender o conceito de Europa para Macron e sua França é um tanto complexo. Ele "reduz" a Europa a sua França, Alemanha e alguns vizinhos ricos e endinheirados. Deseja impor uma negociação que não gere desemprego em massa na França devido a concorrência da carne brasileira alegando questões "ambientais" fugindo da discussão.

O ano é propício para mais diálogo caso o governo brasileiro queira gastar saliva. A Olimpíada em Paris 2024 é a chance de retomarmos boas negociações e chegarmos ao meio termo. É sabido que a Europa demanda da pecuária brasileira. As portas foram abertas para muito diálogo com a inaguração do submarino brasileiro e o Instituto Pasteur de São Paulo e o tema pecuária voltará em breve para a mesa de negociações.

Teimoso e relutante, o Presidente Macron, pensa de forma protecionista. Não quer gerar desgaste político evitando comprometer-se e até mesmo sair mal visto do poder. A França é um barril de pólvora e o povo sai de casa indo para as ruas quando seus interesses são mexidos. Macron é a personalização do sistema colonialista adaptado ao século XXI, ou seja, assine aqui de acordo com as minhas condições.

Cabe ao Brasil ampliar seus investimentos em Qualidade na entrega final daquilo que os europeus desejam sem elevação de custos. O mercado brasileiro está aberto ao diálogo. O Mercosul e especialmente o Brasil não pode aceitar condições contratuais leoninas só visando atender os interesses da parte europeia sendo bom para os dois grupos. Acompanhemos os próximos capítulos para sabermos onde isto chegará.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 190


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Plano de Recuperação de Desastres Vander Roberto
Artigos Experiência com o Positivo Stilo One Vander Roberto
Artigos Paulista Sub-23 de 2024 Vander Roberto
Artigos Silvio Luiz e Sílvio Lancellotti Vander Roberto
Artigos Por quê o RS demorará para ser reconstruído? Vander Roberto
Artigos Capitalismo e a catástrofe gaúcha Vander Roberto
Artigos Importância da Lei Áurea nos dias atuais Vander Roberto
Artigos Reconstrução do Rio Grande do Sul Vander Roberto
Artigos 87 anos da morte de Noel Rosa Vander Roberto
Artigos RH ruins e etaristas Vander Roberto

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 135.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 69082 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57979 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 57636 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55909 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 55228 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 55211 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 55088 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54965 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54957 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 54947 Visitas

Páginas: Próxima Última