Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas
Vander Roberto

Estou pensando algumas coisas aqui em casa neste Domingo (18/02/2024). Faz exatos 81 anos que membros do Movimento Rosa Branca foram presos na famosa Universidade de Munique em 1943. Eles tentavam combater o Nazismo dentro da Alemanha em plena 2ª Guerra Mundial. No dia 22 de Fevereiro os 3 primeiros seriam executados em sequência na prisão de Stadelheim sendo Sophie Scholl, Christoph Probst e Hans Scholl. Após um julgamento teatral os três foram decapitados.

Estes dias saiu no noticiário que o opositor de Vladimir Putin na Rússia morreu. Há suspeitas que ele tenha sofrido tortura antes de ser morto conforme aponta noticiários mais recentes. O corpo de Alexei Navalni apresenta hematomas e indica que ele teve convulsões. Faz décadas que a Rússia não é um país seguro politicamente. Opositores(as) de Putin não são bem-vindos(as) e cada vez mais nota-se uma Rússia distante daquilo que nós podemos dizer como Democracia no Ocidente.

Os dois exemplos levam para reflexões profundas sobre os limites da Política e seus representantes. Há notória eliminação da liberdade de expressão, a justiça acaba sendo um fantoche do governo e os resultados finais são mortes. O Nazismo e o governo Putin parecem estar bem próximos. A constante luta do Movimento Rosa Branca na figura de inúmeros(as) representantes anônimos(as) no mundo, contra regimes autoritários, continua a todo vapor. Devemos lembrar que o Rosa Branca é atemporal e atualíssimo ao combate de governos extremistas.

Recomendo a leitura da biografia de Sophie Scholl, membros do Movimento Rosa Branca e a atuação deles(as). O mundo não entendeu que ditaduras e outras formas autoritárias não são legais e indicam um retrocesso político enorme. O Brasil precisa estudar muita Política antes do depósito dos votos nas urnas. Teremos eleições municipais neste 2024 e todo cuidado na hora de votar é necessário. Uma ditadura implantada não será removida com passeatas. A Rússia mostra bem esta situação.

Por fim, quero exaltar meus irmãos e irmãs do Movimento Rosa Branca. Continuem seus trabalhos. Vocês carregam a profundidade do conceito democrático e desejam que Educação evolua o mundo. Temos referenciais fortes. O meu é Sophie Scholl. Sem ela eu sequer teria feito alguma Especialização. Hoje eu possuo três. Obrigado, Sophie! Obrigado, Movimento Rosa Branca. Lutemos pela liberdade! A luta não findará com nossas mortes assim como não findou com os primeiros que deram origem ao Rosa Branca que foram assassinados pelos nazistas.

A paz, a liberdade e a Educação são nossas metas. Continuemos na luta.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 297


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Jogadores de futebol: respeitem as mulheres! Vander Roberto
Artigos A cidade de São Paulo está largada Vander Roberto
Artigos O Bolsonarismo é braço do Nazismo. Acordem! Vander Roberto
Artigos Direito de escolha Vander Roberto
Artigos Parando de escrever por algum tempo Vander Roberto

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 131 até 135 de um total de 135.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
em meu coração existe uma tempestade - Riz de Ferelas 6 Visitas
ficou vendo as oportunidades irem embora - Riz de Ferelas 6 Visitas
estive buscando o horizonte de seus pensamentos - Riz de Ferelas 6 Visitas
meu coração vai escrever versos que vão trazer luz - Riz de Ferelas 6 Visitas
um dia vamos colher rosas - Riz de Ferelas 4 Visitas

Páginas: Primeira Anterior