Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Aquele cujo fome espera
Marco Antônio de Araújo Bueno

Resumo:
Aquele cuja fome espera A fome que estará saciada No outro, enquanto este, quimera, Padece de fome engaiolada... E, se o que sacia a fome está, sempre Apenas onde nós a pomos, Pra que enraizar felina fome Entre patas caninas e alpiste sem nome!? E se, então, surgir a liberdade Que desmoronasse a espera em cadeia E desencadeasse uma fome dual ?! Libertos estariam, um para o outro, E, ambos, para a saciedade Ou para uma liberdade de esfomear-se da falta... Por Marco Antônio de Araújo Bueno Trata-se do Exercício ! da Oficina de Produção Literária ministrada pelo escritor Nelsol de Oliveira. Consistia em produzir um texto em 15', a partir de um grafismo onde se via um cão sob uma árvore olhando para um gato que, de um galho, olhava, faminnto, para a gaiola de um pássaro no galho acima. O hermetismo e algum "lacanismo" pareceram-me incontornáveis. E gosto do Soneto, enquanto estrutura formal.

Aquele cuja fome espera
      A fome que estará saciada
      No outro, enquanto este, quimera,
      Padece de fome engaiolada...

      E, se o que sacia a fome está, sempre
      Apenas onde nós a pomos,
      Pra que enraizar felina fome
      Entre patas caninas e alpiste sem nome!?

      E se, então, surgir a liberdade
      Que desmoronasse a espera em cadeia
      E desencadeasse uma fome dual ?!

      Libertos estariam, um para o outro,
      E, ambos, para a saciedade
      Ou para uma liberdade de esfomear-se da falta...

                                                  Por Marco Antônio de Araújo Bueno

                                                    

                                                                                              
                                                                                          


Biografia:
Vide Blogs: www.literaujobueno.blogspot.com wwwaraujobueno.blogspot.com
Número de vezes que este texto foi lido: 28978


Outros títulos do mesmo autor

Poesias "Odisseu" Marco Antônio de Araújo Bueno

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 51 até 51 de um total de 51.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
O grama - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 0 Visitas
A PORTA - VALTENCIR EVANGELISTA PIRES 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior