Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Para todas as garotas que eu não amei
Eduardo Silvestre

Resumo:
Não é um texto com final feliz, porque é realidade e ela ainda não acabou. Encarem como uma explicação dada as consequentes do título principal.

Criei um império, se é que posso chamar de império algo que me trouxe tantas ruínas, se bem que alguns dos maiores reinados, hoje são apenas histórias. Eu poderia reconstruir minha história? Mas reconstruir do que? Para quê? E por quê?
O império do qual eu falo não foi tão cheio de glória, me sentia impossível, incomparável, eu era confiante e achava o máximo. Isso me trazia uma imagem própria de suficiência para outras pessoas, eu era ambicioso e queria mostrar suficiência para mais mulheres possíveis e não percebia que sempre havia uma anterior que eu deixava rastros para trás aos quais não eram bons.
Tive decepções e com o tempo o desapego me pareceu a solução mais óbvia, isso me “preenchia”, mas não preenchia outras pessoas, cá entre nós, elas nunca estão preparadas para desviver algo que talvez tenha sido intenso ou no mínimo das hipóteses, bom.
A ruína em que eu me encontro hoje, não é falta de opções, não é solidão e muito menos arrependimento. É exatamente por ter tantas perto, mas não ter nem uma comigo. Amizades femininas? Não tenho! Sempre haverá segundas intensões.
O que hoje realmente me deixa em ruínas, é a minha insuficiência em poder fazer o certo, força de vontade? Tenho! Mas autoridade, confiança e moral, talvez se perderam junto com o tal império.
Agora sabem o que preciso reconstruir e para que. Não é um processo simples, são decisões difíceis. Mas é algo necessário para que eu venha erguer não um império, mas uma suficiência concreta e não abstrata.


Biografia:
Amador que apenas desabafa
Número de vezes que este texto foi lido: 28785


Outros títulos do mesmo autor

Romance Para todas as garotas que eu não amei Eduardo Silvestre


Publicações de número 1 até 1 de um total de 1.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 30578 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 30577 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30171 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30154 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29997 Visitas
Origens da Bandeira do Brasil - Marco Antonio Cruz Filho 29970 Visitas
O pensar é dialógico e dialético - ELVAIR GROSSI 29921 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29905 Visitas
Críticas a práticas humanas - Arthur Alves 29870 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29740 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última