Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Estou curado
Ricardo Santos de Souza

Depois de muito tempo, aprendi a bloquear os sentimentos que me faziam mal, estou comemorando muito o fim das brigas e o fim das noites que implorei aos céus para que você voltasse.
A semente que você plantou no meu coração, não suportou os dias de desespero e de tormenta que passei pensando em ti.
No começo, reconstruir foi bem difícil e desgastante, senti a nudez da minha alma e lutei bravamente a minha guerra interna. Minha superação, passou por vários processos de lapidação para poder brilhar novamente como um diamante.
Me permiti alcançar a felicidade quando eu resgatei a minha auto confiança, o meu controle mental e o amor próprio, então, escrevi nas linhas do meu coração:
- Estou curado!
- Estou no controle!


Biografia:
Minha própria autoria.
Número de vezes que este texto foi lido: 28563


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Torre de Papel Ricardo Santos de Souza
Poesias Super Poderosa Ricardo Santos de Souza
Poesias Você aceita? Ricardo Santos de Souza
Poesias Sem explicação Ricardo Santos de Souza
Poesias Crença da alma Ricardo Santos de Souza
Poesias O Amor é um tesouro Ricardo Santos de Souza
Poesias Estou curado Ricardo Santos de Souza
Poesias Relacionamento Ricardo Santos de Souza
Poesias Eu x Eu Ricardo Santos de Souza
Poesias Foi intenso Ricardo Santos de Souza

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 172.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 31032 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30952 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 30634 Visitas
eu sei quem sou - 30554 Visitas
camaro amarelo - 30516 Visitas
sei quem sou? - 30500 Visitas
viramundo vai a frança - 30482 Visitas
MENINA - 30453 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 30448 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 30434 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última