Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
De ti.
Jhonata Antonio

De barba, eu me embarbo. De sonho, eu me acabo. De ti... Me embriago.
De força, É o que me falta. De vida, já tá escarça. De ti... Já sem graça.
De tesão, Me sobra. De amor, Até outorga. De ti... Fora de hora.
De ter, não tenho. De querer, até quero. Mas de ti... Não espero.


Biografia:
Uns poemas ai... Insta: @jhonataantonioo

Este texto é administrado por: Jhonata Antonio
Número de vezes que este texto foi lido: 28497


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Sentença poética Jhonata Antonio
Poesias Da logica Jhonata Antonio
Poesias Nota Secreta Jhonata Antonio
Poesias De ti. Jhonata Antonio


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 30136 Visitas
eu sei quem sou - 30069 Visitas
sei quem sou? - 30065 Visitas
viramundo vai a frança - 30045 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30020 Visitas
MENINA - 29998 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 29998 Visitas
camaro amarelo - 29976 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29968 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 29947 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última