Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
PALPITES
Ivan de Oliveira Melo

Resumo:
...vive bem quem sabe escutar...

Sabe-se que a noite é uma boa conselheira...

A mente precisa de estar em constante operação,
Pois dizem que cabeça vazia é oficina do diabo.

Amontoem-se o que não convém e o que convém,
As conclusões serão necessárias para o dia a dia
E que os gostos fiquem de lado, à espera da cirurgia...

É verdade que gostos não se discutem, lamentam-se!
É o produto que interessa, basta lembrar sempre:
As melhores fragrâncias estão nos menores frascos,
Paciência e calma: devagar se chega bem distante.

É deveras importante ser dono da própria boca
A fim de que não se torne escravo das palavras...
O mundo é exato o que se vê, portanto atirar certo:
Só se atira pedras em árvores que dão bons frutos, mas
Não esquecer que esta mesma árvore dá frutos maus.

Ah! Após dias de chuva intensa, vem o Sol acolhedor,
É quando se aplica o ensinamento: depois da tempestade,
Certamente vem a bonança e, de tostão em tostão, milhão!
Que a cabeça seja o guia... Às vezes, por falta de um grito,
Perde-se toda a boiada, nem os dedos das mãos são iguais.

Estar deveras atento em derredor de si mesmo, ter cuidado!
Por quê? Porque quando a cabeça não pensa, o corpo padece.
Trabalhar que trabalhar... O cesteiro que faz um cesto, faz cem
E é o acúmulo das boas ações que faz um homem milionário!

Na boca de quem não presta, quem é bom não tem valor...
O silêncio deve ser a alma de qualquer empreendimento,
Porquanto em boca fechada não há perigo de entrar moscas!

O velho provérbio vale muito: palavra é prata, silêncio é ouro.
Não esquecer que durante a noite todos os gatos são pardos

E que perante à luz do Sol quem rir por último, rir melhor!


DE Ivan de Oliveira Melo

POEMA INSPIRADO EM PROVÉRBIOS DO NORDESTE BRASILEIRO.

( TALENTAI DUPLO )




Biografia:
Nascido em Recife, em 09/10/1953. Professor de língua portuguesa e literatura. Poeta desde adolescente. Livros publicados: SINFONIA DE AMOR; POESIA, AMOR E VIDA; REFLEXOS; SEARA DE RITMOS; SO...NETANDO.Temas mais comuns em seus versos: o amor, a natureza, o homem, o socia, o cosmos, o metafísico, religiosidade...
Número de vezes que este texto foi lido: 28536


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Horas Insossas Ivan de Oliveira Melo
Poesias Súplica Ivan de Oliveira Melo
Poesias Via Láctea Ivan de Oliveira Melo
Poesias Orvalho Matinal Ivan de Oliveira Melo

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 851 até 854 de um total de 854.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Céu celeste - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 17 Visitas
Amor louvor - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 17 Visitas
SOB O MESMO PARAÍSO 5 IND 16 ANOS - ricardo fogzy 17 Visitas
Vento leste - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 17 Visitas
PANCHO E O BURRINHO PREGUIÇOSO - Saulo Piva Romero 17 Visitas
Vício - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 16 Visitas
Vento oeste - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 16 Visitas
Escrever - Rylian 16 Visitas
GIULIA E OS PASSARINHOS - Saulo Piva Romero 16 Visitas
Grito de alerta - Roberto Queiroz 16 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última