Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
1º de Abril II
Rafael da Silva Claro



É com muita vergonha e autocomiseração que eu admito que estes textos, além de porcamente escritos, não têm o mínimo compromisso com a realidade, sendo a mais perfeita definição de fake news. Desinformação baseada em viés de confirmação, narrativa e má-fé.

Trazendo novamente a prática espúria adotada pela imprensa marrom de outrora, que parecia ter caído no esquecimento, adotamos as mais abjetas maneiras de exercer o jornalismo. Usando métodos nada éticos, não temos o menor pudor em mentir na cara dura.

Notícias sensacionalistas, acontecimentos inventados, montagens bizarras, fraudes descaradas ou interpretações tendenciosas, fazemos de tudo e praticamos o mau jornalismo em troca de algumas moedas.

Esses que empurramos para o serviço sujo são militantes incendiários travestidos de jornalistas democratas isentos. Selecionamos os piores alunos da rede pública de educação para ocuparem a nossa redação enfumaçada. Os nossos escribas assassinam a Língua Portuguesa e abusam do Wikipedia, apurando acontecimentos inventados, falaciosos, meros boatos ou puxados para um viés ideológico tendencioso. Essa gente mal-preparada não economiza em linguagem chula, de baixo calão ou mesmo palavrões. O intuito não é chocar os leitores, é apenas a péssima qualidade dos nossos contratados e, quase sempre, grosseria, mau gosto e a pura intenção de ofender.

Nossa secreta fonte é imunda e assim permanecerá, porque utiliza maneiras ilegais para nos abastecer de verdadeira muamba disfarçada de informação. A fonte, por ter o sigilo garantido por lei, ficará escondida no terreno pantanoso onde nascem os boatos. Esse é o nosso compromisso, jornalismo sujo, fétido e rasteiro para desinformar (enganar) o leitor, usando o método mais covarde e eficiente para isso, tamanha sua capilaridade.

Grandes players editorialistas lançam mão desses subterfúgios, porém não admitem. Pensando na expertise de quem engana a população por décadas, resolvemos criar nosso próprio instituto de pesquisas falsas, o Datagaz. Nosso instituto é especialista em direcionar preferências e manipular eleições. Erramos muito. A justificativa é a margem de erro (enorme) ou o “retrato do período”. A desculpa a ser usada depende das circunstâncias ou de qual vai colar.

Dispomos de várias frentes para uma persuasão nefasta mais abrangente e eficaz: jornal, jornal especializado em ecologia (Jornal Eco), revista, canal de televisão, TV a cabo, streaming, rádios AM e FM, gravadora e portal de internet.

Nosso objetivo é ganhar grana. Se você quiser se instruir vá ler um bom livro. Nosso compromisso é te iludir e ficarmos mais ricos. Gazeta Explosiva: espalhando lixo cultural há um ano e pouco.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 53009


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios 🔴 Os políticos fazendo a festa Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Vestidos para matar de rir Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 O Homem-Falência Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Entre meias e gravatas Rafael da Silva Claro
Crônicas 🔵 Machucado: o soco que nunca existiu Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Aos que eram felizes e não sabiam Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Meia-boca [Piada grátis, no final do texto] Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Arquivos X Rafael da Silva Claro
Crônicas 🔵 Está todo mundo preso Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Show do bilhão Rafael da Silva Claro

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 426.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
1 centavo - Roni Fernandes 54852 Visitas
O TEMPO QUE MOVE A ALMA - Leonardo de Souza Dutra 54813 Visitas
frase 935 - Anderson C. D. de Oliveira 54689 Visitas
Amores! - 54645 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 54621 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 54572 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 54566 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 54542 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 54519 Visitas
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 54503 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última