Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O caso do acaso
Daniel Machado da Conceição

https://ensenanzaestudossociais.blogspot.com/

Que caso envolve o acaso sendo que o imprevisto é sua melhor descrição? Como entender o inesperado, o desconhecido e o furtivo? O acaso, no imaginário se relaciona a fenômenos inexplicáveis e que se justificam por si só. O medo e o receio, criados para justificar tal atitude, passam representam eras e que continuam a atemorizar a humanidade.

        A ciência em sua busca constante por conhecimento, em alguns casos nega sua existência, justificando que a crença no suposto milagre só é evidenciada por não saber sua causa aparente. O conceito que atribui toda consequência sendo originária de uma causa é verdadeiro, na medida, em que as reações esperadas correspondem ao que se quer encontrar. Mas, muitas vezes, a sede por ver os resultados almejados pode cegar o olhar, mesmo cauteloso, sobre o resultado do acaso.

     O acaso pode em algum momento ser encarado como aquilo que é novo. Infelizmente a novidade traz temor e desconhecimento, tudo que causa insegurança se justifica pelo inesperado. Então a causa do acaso é o caso? Talvez o momento de uma variável não pensada, por menor que seja, que possibilita um resultado ou uma ação diferente daquilo que se espera encontrar.

     As diversas leis da natureza desvendadas pela humanidade ainda não dão conta das infinitas probabilidades possíveis. Como lançar uma flecha no espaço, facilmente identificaremos sua causa, e concluímos um efeito ou resultado prático por meio de cálculos diversos sobre a força do lançamento, peso da flecha, curvatura de lançamento, velocidade e etc... Isso é o que esperamos dentro da lógica causa-efeito, mas no momento em que outro corpo atravessar sua trajetória, interromper seu curso, muitas vezes acreditaremos que seja o acaso. Talvez para muitos que trabalham fechados em sua redoma do possível, justificam como sendo um simples erro cálculo ou uma violação da sua experiência. Um procedimento que necessita ser revisto, pois se considerar o acaso do choque entre os dois objetos perceberá ser apenas mais uma variável não presumida anteriormente.

        O acaso mais do que o novo e desconhecido, pode ser dito que é aquilo que sempre existiu, ou melhor, sempre esteve presente, porém não computado. O medo da humanidade é descobrir que o acaso sempre “esteve ali”, o que simboliza nossa mísera capacidade de dar conta do todo. Em outras palavras, nada mais do que nossa inadequação em lidar com o imprevisível e o imponderável que não podemos controlar.



Texto produzido na disciplina de Estatística Aplicada à Ciências Sociais – INE 5127 (UFSC/2013).




Biografia:
Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação/UFSC, na linha de pesquisa Sociologia e História da Educação, com o tema de tese sobre o "estudante-trabalhador". Mestre em Educação pelo PPGE/UFSC (2015), com dissertação sobre o "estudante-atleta", isto é, jovens atletas das categorias de base do futebol que desenvolvem atividade de formação profissional concomitante a sua escolarização. Graduado na licenciatura (2013) e no bacharelado (2014) em Ciências Sociais pela UFSC. Integro o Núcleo de Estudos e Pesquisa Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC), participo como membro do Grupo Esporte e Sociedade. Atuação como Professor de Sociologia no Ensino Médio Regular e EJA, Educador Social, Tutor à Distância e Conteudista para programa de capacitação profissional. Bolsista no Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina UNIEDU/Pós-Graduação. http://lattes.cnpq.br/2349066033166809
Número de vezes que este texto foi lido: 838


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Quem vive de passado é museu e eu não quero ser um Daniel Machado da Conceição
Ensaios O caso do acaso Daniel Machado da Conceição
Crônicas Escrever e o desejo de manter as recordações de uma vida Daniel Machado da Conceição
Crônicas Ser negro e o padrão de ser duas vezes melhor Daniel Machado da Conceição
Crônicas A trajetória de vida entre a hipocrisia e a verdade Daniel Machado da Conceição
Crônicas Chão Daniel Machado da Conceição
Ensaios O quanto eles sabem para nossa atualidade Daniel Machado da Conceição
Crônicas Brasil Pedro Pedreira Daniel Machado da Conceição


Publicações de número 1 até 8 de um total de 8.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
EMOÇÃO E SOLIDÃO - Alexsandre Soares de Lima 51 Visitas
PLENITUDE DO AMOR - Alexsandre Soares de Lima 51 Visitas
ARREDONDANDO O QUADRADO - Tércio Sthal 51 Visitas
JANELA ABERTA - Alexsandre Soares de Lima 51 Visitas
PROFUNDO 1 IND 16 ANOS - paulo ricardo a fogaça 50 Visitas
RESTOU, MULTIPLICOU - Alexsandre Soares de Lima 50 Visitas
NÃO DEIXO MEU AMOR SOZINHO - Alexsandre Soares de Lima 50 Visitas
O MOVIMENTO - Alexsandre Soares de Lima 50 Visitas
Ósculo - Flora Fernweh 50 Visitas
Amor - Hélder dos Santos da Glória Duarte 50 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última