Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
De boas intenções o inferno está cheio!
Alice Silva

"Por que não venderam esse perfume por trezentos denários para reparti-los entre os pobres?(Dizia isso não porque lhe importasse os pobres, mas porque era ladrão, e como carregava a bolsa, roubava o que depositavam)."
Incrível como essa passagem do décimo segundo capítulo de do evangelho de São João revela um macete comportamental, o qual, infelizmente não é raro no ser humano. Até mesmo em mim!
Refiro-me à caridade desfarçada, pela qual um indivíduo afirmando, alardeando zelo e preocupação com algo, ou outrem procura, na verdade, outras coisas, seus interesses pessoais.
De fato, é endêmico o estado geral, até de ambientes religiosos, onde ao astearem bandeiras que no fundo rejeitam e lhe são abjetas, as quais certamente perseguiriam, caso tivessem oportunidades, isto é, poder para fazê-lo, passam a defendê-la, e mais, a acusar outrem de ser, pensar e fazer, o que eles mesmos são, pensam e fazem, embora ocultamente. Afinal de contas, Judas não roubaria publicamente, de modo a seria necessitar de uma sinceridade heróica para o feito.
Portanto, pode se concluir que Jesus foi muito sábio ao responder" pobres sempre tereis entre vós" pois é fácil defender algo momentaneamente. Contudo,abraçar-lhe completamente!? Ainda mais problemas tão recorrentes como" a pobreza, a fome, as doenças, a má qualidade de algum serviço,ou a moral e os bons costumes"!
Não se trata de não lutar, não denunciar, mas da clara onsciência de que a resolução de um problemas graves e profundos como os citados anteriormente, nunca se dára magicamente, do dia para a noite, com apenas uma atitude isolada e única, ainda mais se essa depender apenas de uma pessoa.!
Tem-se como exemplo a manutenção de estradas esburacadas com material de má qualidade, as gambiarras em prédios em situaçao de risco, o reboco de uma casa rachada e, agora, o endividamento do país, fruto da utilização de recursos apenas para problemas de curto prazo, gerando bolas de neve, piores no futuro.!
A caridade desfarçada é o médico que trata os sintomas com dipirona mandando-o para casa, para que quando ele piorar, cobre a consulta e o tratamento mais cara, explorando assim, a pobre criatura, cujo desespero a leva a contentar-se com as migalhas, e considerar a usura como parâmetro normal da realidade. Só rindo pra não chorar!


Biografia:
Alice Silva, 21 anos, cantar, ler e escrever, são como respirar.
Número de vezes que este texto foi lido: 28980


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Panetones Alice Silva
Crônicas Caça aos loucos Alice Silva
Crônicas O Natal de Quixote Alice Silva
Poesias Supermercado particular Alice Silva
Crônicas Refúgios Alice Silva
Poesias Filippe Alice Silva
Poesias Voz Alice Silva
Poesias Tua chegada Alice Silva
Poesias As mimosas florzinhas Alice Silva
Poesias Paciência Alice Silva

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 51 até 60 de um total de 66.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
haicai - rodrigo ribeiro 30683 Visitas
MAGIA E AGRURAS DO TEATRO INFANTIL - MARCIANO VASQUES 30682 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30616 Visitas
christine - alfredo jose dias 30593 Visitas
A Voz dos Poetas - R. Roldan-Roldan 30577 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30568 Visitas
Críticas a práticas humanas - Arthur Alves 30567 Visitas
Arnaldo - J. Miguel 30548 Visitas
CANTAROLANDO - Tércio Sthal 30501 Visitas
A calça preta - Condorcet Aranha 30473 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última