Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Simplemente “DELEGADO”
BENEDITO JOSÉ CARDOSO

Não sabemos de onde veio,
simplesmente, apareceu ali,
do nada, sob a chuva torrencial
que caia, naquela chuvosa madrugada.

Abatido, assustado, com frio e desesperado,
procurou por um cantinho inusitado neste lugar.
Em Busca de carinho e amor,
calor e proteção para se abrigar.
Em principio, crucificado e bastante odiado,
pelas tantas cagadas, feitas em cada canto deste chão.

Depois de disciplinado, tosado, vermifugado,
bem tratado, apresentando bem estar,
conquistou corações de aço; e o pequeno felizardo,
em seu espaço, pode então ficar.

Com o ar de sua graça e de seu comovente olhar,
a cada dia transmitindo alegria, que nos, o fez ajudar.
Aquele sassariqueiro, com sua mania de ser,
vem sempre para o nosso lado,
abanando logo o rabo, como querendo agradecer.

Se chegando, entrelaçando entre nós sua docilidade
e confiança, tal qual uma criança feliz.
Com um sorriso meigo, nos recebe a cada dia,
para nos agradar a cada amanhecer.

Acolhido e bem cuidado,
por esta gente bondosa
de alma caridosa.
O totó bem comportado e educado,
nos enche de orgulho e emoção.
É o nosso estimado cão.
Batizado, chamado carinhosamente
ou simplesmente “Delegado” .


Biografia:
"As obras do artista só têm valor, quando consegue atingir a sensibilidade daqueles que entendem"
Número de vezes que este texto foi lido: 53015


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O VOTO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias FICA EM CASA, SE PUDER. BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias PRIMAVERA BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias MUNDO DE BOB BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias GINA BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias GATO ESCALDADO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias Domingo Pavulagem BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias MEU NINHO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias NÃO QUERO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Cordel São João BENEDITO JOSÉ CARDOSO

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 170.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Coisas - Rogério Freitas 54631 Visitas
1 centavo - Roni Fernandes 54564 Visitas
frase 935 - Anderson C. D. de Oliveira 54555 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 54354 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 54300 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 54284 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 54254 Visitas
PARA ONDE FORAM OS ESPÍRITOS DOS DINOSSAUROS? - Henrique Pompilio de Araujo 54183 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 54045 Visitas
Depressivo - PauloRockCesar 54006 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última