Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Que sátira!!!
(Sociedade da virtude: uma reinvenção super-heroística)
Roberto Queiroz

Mais uma vez num artigo produzido por mim aqui neste site recorro ao you tube. Na verdade, o you tube e o google serão sempre amigos de longa data na busca de ideias, temáticas, desabafos que aqui encontrem eco. E uma coisa aprendi nos últimos tempos com ambas as ferramentas: é preciso enaltecer o poder das duas no que concerne à ilustrar a anarquia presente na cultura pop. Estamos tão acostumados as mesmas baboseiras e produtos midiáticos de sempre que quando nos deparamos com algo diferente, que soe ou desconstrua o original óbvio, entediante e repetitivo dos dias que seguem, ficam deslumbrados com sua coragem, sua ousadia.

Do que estou falando? Do canal do you tube Sociedade da virtude, uma das maiores sátiras que eu vi nos últimos tempos, escancarando a hipocrisia que há por trás desse universo super-herói, fenômeno de vendas e de crítica, que tem como seus maiores expoentes empresas como a Marvel e a Dc Comics.

Sociedade da Virtude é criação da dupla Ian SBF (criador do canal de humor Porta dos fundos) e o desenhista Thobias Daneluz, que transportam toda a realidade cotidiana nacional vivida nos últimos anos por nós, meros cidadãos, para o universo de homens e mulheres repletos de super-poderes. E desde já adianto: você, fanático por Marvel e Dc, vai ficar puto com certas liberdades e denúncias feitas pelo canal, que escancara mesmo, sem deixar nenhum tópico polêmico de fora.

Esqueçam Capitão América, Thor, Homem de ferro, Hulk, Super-homem, Aquaman, Batman, Mulher Maravilha, Flash, etc etc etc... Aqui, os heróis da vez são os inacreditáveis Pantera Ruiva (uma mistura de travesti com top model à la Victoria's secret), Corvo Urbano, a dupla Bernard e Fredick (visivelmente inspirada na dupla Batman e Robin, mas com um cutucada clara no tema da pedofilia), Majestosa (uma gostosona praticamente seminua e feminista), Vigiliante noturno, Volt, R-Men (achincalhando a trupe do Professor Xavier da Marvel), Big Bang (um lutador de sumô que está sempre estressado, reclamando da incompetência de seus companheiros), Lampyridade (uma versão desatualizada do Homem-formiga), O arqueiro, Juan Marine e muito mais...

Até mesmo sucessos recentes como Guerra Infinita, Guardiões da Galáxia e Power Rangers foram trollados. E o melhor: com direito à dublagem clássica com atores que dublavam o antigo desenho dos superamigos na época em que a tv aberta era tv aberta e não essa pocilga sem graça que vemos hoje! Fãs de deboche, sarcasmo, ironia, aproveitai! Enfim, um lugar para chamarem de seu.

Como pano de fundo nos roteiros trasloucados (e muito bem-humorados) discussões como bullying, empoderamento feminino, politicamente correto, violência urbana, crise na segurança pública do Rio de Janeiro, racismos, preconceitos mais diversos, classe artística presa à contratos melindrosos (e, às vezes, inescrupulosos) e o que mais anda rolando nessa comédia de erros chamada Brasil.

Acredito que todo bom fã de quadrinhos merecia dar uma olhada no conteúdo aqui. Falamos tanto sobre a falta de boas ideias no setor cultural (principalmente no segmento comédia), mas temos a eterna mania de idolatrar o produto estrangeiro em detrimento do nosso. Aqui, o que percebi logo de cara, foi a qualidade da produção. Impecável. Chega a zapear no google atrás de mais informações sobre o Daneluz e me deparei com um artista bárbaro, de traços ímpares, e muito bom gosto estético. Podem confiar: o nível de produção aqui não deve em nada ao de muitas criações made in USA ou Europa ou seja lá com o que quer que você esteja comparando nesse exato momento. Fica a dica.

Que o you tube se envolva mais com canais como esse e não fique perdendo tanto tempo com perfis que só estão interessados em fazer apologia ao que não presta (leia-se: drogas, violência, vulgaridade e artistas de cunho duvidoso).

Procurem. Quer saber? Entrem agora mesmo. São vídeos curtíssimos, de no máximo três, quatro minutos. E mais: desafio-os à assistir apenas um episódio. A equipe é completamente insana!

E o melhor: a internet, que muitos preferem ver apenas como templo da ignorância e da futilidade, agradece.


Biografia:
Crítico cultural, morador da Leopoldina, amante do cinema, da literatura, do teatro e da música e sempre cheio de novas ideias.
Número de vezes que este texto foi lido: 234


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Uma divina comédia visual Roberto Queiroz
Artigos O passado sempre retorna Roberto Queiroz
Artigos Quem manda aqui sou eu Roberto Queiroz
Artigos Guerra suja Roberto Queiroz
Artigos O transgressor Roberto Queiroz
Artigos Polêmica Roberto Queiroz
Artigos Uma viagem ao túnel do tempo Roberto Queiroz
Artigos O marco da contracultura Roberto Queiroz
Artigos O nome dela? Brasil Roberto Queiroz
Artigos Não era apenas um garoto de Seattle Roberto Queiroz

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 188.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 62815 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53957 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42921 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 40108 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39986 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 37857 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 37037 Visitas
Amores! - 35082 Visitas
Desabafo - 34622 Visitas
Faça alguém feliz - 33027 Visitas

Páginas: Próxima Última