Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Polícia e ladrão
Rafael da Silva Claro



André Oliveira Macedo, o André do Rap, saiu só com a roupa do corpo da Penitenciária II de Presidente Venceslau, na região oeste do Estado. Acusado de chefiar o tráfico de drogas, foi solto no dia 10 de outubro de 2020, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello. O bandido deveria ir para o Guarujá. É claro que ele não faria isso. Todos sabiam disso. Numa canetada, o juiz do STF ajudou um dos chefes do PCC numa das fugas mais fáceis de todos os tempos.

Alguém suspeita que um sujeito como o André do Rap ficaria comportadinho, aguardando a terceira instância para voltar à prisão; tomará rumo na vida, arranjando um emprego decente, quem sabe no McDonald’s, ou prestará concurso para o Banco do Brasil ou para a Petrobras. Acho que não. Pois é, usando o bom senso, André achou a vida muito curta para passar trancafiado e resolveu não retornar. A consciência deve ter pesado, mas ele partiu, talvez para o Paraguai.

Agora, a Polícia terá que recapturar o chefão? Vai. Custará alguns milhares de reais? Sim. Demorará? Já está demorando. A conta é daquele que chamam de contribuinte.

A saída temporária especial (saidão) de Natal ajudou presos a ganharem as ruas. Como sempre, alguns resolverão não retornar. O que farão depois? Ora, o que sabem fazer.

Diferentemente, e mais condescendente, o indulto é concedido, por alguém imbuído do espírito natalino, por quem chega perdoando os detentos. Este ano, mantendo a tradição, presidiários foram contemplados com a benevolência estatal.

Mostrando completamente que ignora quem lhe concedeu o mandato, o senador Ângelo Coronel (PSD/BA) propõe um projeto de lei que prevê a prisão por oito anos para quem não se submeter à vacinação da covid-19. O senador, entre outras maledicências, é acusado de favorecer empresas familiares com dinheiro público. Esse cara quer te prender para o seu bem.

Enquanto isso, políticos recrudescem as restrições, que evitariam a contaminação do coronavírus. Tudo não passa de atitudes inócuas, já que na prática vimos que o lockdown é ineficaz. Em São Paulo, João Doria mandou fechar bares e restaurantes. Como quem acende uma bomba e sai correndo, o governador cancelou as festas de fim de ano e partiu para Miami. Ah, sua prole fugiu para Trancoso/BA (nome sugestivo). O paulista que se coce.

Doria acendeu a bomba e saiu. Mesmo desistindo da viagem, por causa da péssima repercussão, deixou a bomba acesa. Ela vai explodir.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 135


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas É só dobrar o pescoço Rafael da Silva Claro
Releases Brasil Paralelo Rafael da Silva Claro
Crônicas A bela e a fera Rafael da Silva Claro
Crônicas A placa avisou Rafael da Silva Claro
Crônicas Até tu! Rafael da Silva Claro
Crônicas Fogo no Parquinho Rafael da Silva Claro
Crônicas O Último Carnaval Rafael da Silva Claro
Ensaios Sai, coisa Rafael da Silva Claro
Ensaios Leite condensado de direita Rafael da Silva Claro
Crônicas Crônica de Gelo e Fogo * Rafael da Silva Claro

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 96.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 76106 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 62047 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50297 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 50059 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49616 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49285 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 48994 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48819 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48795 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48242 Visitas

Páginas: Próxima Última