Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Obrigado não
Rafael da Silva Claro


Assisti ao programa Direto ao Ponto da Jovem Pan. Eu, além de gostar do programa de entrevistas, queria ver se o convidado, João Doria, confirmava o monte de besteiras que vem falando, principalmente que a vacina, que nem sequer existe, será obrigatória.

A decepção foi grande ao vê-lo dobrando a aposta. O governador chegou a dizer que o bom senso fará com que filas se formem à procura da imunização. Bom senso trata-se de eufemismo, pois sem a vacina o cidadão ficaria impedido de obter vários serviços. Até Aécio Neves saiu de seu esconderijo com essa proposta restritiva.

O governador, por ser um excelente marqueteiro de si mesmo, é capaz de cumprimentar e elogiar seu pior inimigo. Medindo e polindo cada palavra, ensaboado, ele tinha uma resposta evasiva para cada questão. Educadamente e discretamente, o entrevistado desferia seus tapas com luva de pelica.

Durante a entrevista, Doria citou Bolsonaro diversas vezes, o que deixa muito claro que a politização do assunto também parte muito dele. A obsessão é tanta, que somente um divã e alguns remédios controlados poderão ajudá-lo.

Quanto à China, mais que parecer um embaixador do país asiático ou um representante comercial do laboratório chinês Sinovac, João, por algum motivo, não conseguiu criticar nada da ditadura comunista que espalhou o vírus e mentiu para o mundo sobre a pandemia. A combalida argentina também saiu incólume da artilharia seletiva do governador. Quanto à China, fica a curiosidade em saber o que o mantém amarrado e até elogioso, batendo sem dó no Brasil e nos brasileiros.

Joaozinho Tranca-ruas se diz liberal! Pelo conjunto da obra e de suas declarações, ficou claro que ele é um liberal da boca pra fora ou de ocasião. Doria observa a “direção do vento”, a tendência eleitoral, em suma, se a manobra rende votos essa é a ideologia do tucano - alguém lembra do tiro eleitoreiro Bolsodória? Hoje, o que “pega bem” e rende mídia expontânea é declarar-se liberal.

João Doria já disse ter salvado, há tempos, 70 mil vidas. Esse valor vinha sendo atualizado com o passar do tempo. A precisão do valor não importa, pois a autocongratulação é uma falácia. Além dele não ter tomado nenhuma medida peremptória, esse número é impossível de ser calculado. Agora, diz que está fazendo o número de mortos cair. Que diferença faz se, quando convinha, recomendou a hidroxicloroquina, depois voltou atrás.

O governador de São Paulo queria e conseguiu nacionalizar seu nome. Hoje, Doria é repudiado em todos os estados.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 33863


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Bozo, o palhaço Rafael da Silva Claro
Artigos Ódio do bem Rafael da Silva Claro
Poesias Você tá lúcido? Rafael da Silva Claro
Crônicas O general e sua esteira Rafael da Silva Claro
Artigos Coragem! Rafael da Silva Claro
Artigos Felipe Neto no Roda Viva?! Rafael da Silva Claro
Crônicas Especialista de Sofá Rafael da Silva Claro
Artigos Rodízio I Rafael da Silva Claro
Artigos Rodízio II Rafael da Silva Claro
Crônicas Pesca Mortal Rafael da Silva Claro

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 71 até 80 de um total de 96.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
O pensar é dialógico e dialético - ELVAIR GROSSI 34164 Visitas
Um reino de monstros Vol.1 - Pósfacio - Caliel Alves dos Santos 34161 Visitas
00ª - Condomínios: Horizontal & Vertical e sua lei 4.591/64 - antonio louro 34159 Visitas
Euterpe oleracea - BENEDITO JOSÉ CARDOSO 34158 Visitas
Precisamos falar de Hélio Schwartsman - Rafael da Silva Claro 34151 Visitas
EU E O MUNDO - Ivan de Oliveira Melo 34150 Visitas
A Pressa do Cântico Negro de José Régio - João Tomaz Parreira 34149 Visitas
DIFICULDADES DE MEMORIZAÇÃO E RETENÇÃO NA TERCEIRA IDADE - Ismael Monteiro 34143 Visitas
Bernardo, o imprevisível - Regina Vieira 34143 Visitas
A Serpente de Bronze Levantada - Charles Haddon Spurgeon 34141 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última