Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Aquecimento Global
Rafael da Silva Claro


O que é uma Naomi Seibt? A garota nascida na Alemanha, 20 anos, é a contraposição à Greta Thunberg. Mas entre as duas há alguma semelhança: ambas são loirinhas, novas, vindas de países ricos da Europa e tornaram-se bibelôs de sua corrente de pensamento.

Greta Thunberg já é bem conhecida. Ela, cabulava (faltava) aulas e, como justificativa, dizia que o ato era para salvar o mundo -nos meus tempos de primário e ginásio, se eu arriscasse essa desculpa, seria espancado durante meses. Depois dessa, a garota rapidamente foi adotada pela turma que ganha a vida fingindo querer um planeta melhor para todos. Sim, hipocrisia é rentável, por isso virou meio de vida. O mais incrível é que, por mais que seus discursos sejam decorados, cheios de platitudes e não consiga responder a nada que ouse fugir do script, ela (Greta) é levada a sério por adultos com discernimento para constatar que a menina é fabricada. Ao menos em tese.

Naomi Seibt, a princípio e de maneira rasa, pode ser considerada a Greta Thunberg da direita. Conservadora (não de florestas) e negacionista, a alemã pensa que as mudanças climáticas não são antropogênicas (causadas pelo homem). Prontamente, a garota, que fala o que a maioria se recusa a ouvir, foi estigmatizada de pertencer a um grupo de extrema direita -ninguém ganha a odiosa pecha de extrema esquerda-, supremacia branca e, claro, negacionista. A alemã difere bastante da sueca por, aparentemente, explanar ideias próprias (sinal de maturidade) -e não, com expressão de nojo e raiva da Humanidade- dizer o que pedem e querem ouvir. Greta interpreta o papel de “pobre menina rica”. O mais desalentador é que compraram fácil esse ideia.

O professor e palestrante Ricardo Augusto Felício se destaca por ser uma das poucas vozes discordantes. Apesar de ser um estudioso da área (climatologia), não consegue argumentar contra o, quase axioma, aquecimento global antropogênico ou, o nome mais oportuno, porque é mais abrangente, mudanças climáticas.

É até grandiloquente o ser humano atribuir a si o destino da Terra. Basta uma “maratona” de Discovery Channel ou History Channel para chegar a conclusão que acabar com o planeta é muito para nós. A ocorrência da vida depende de vários fatores e conjunções e algo irá extingui-la antes. Talvez uma pequena aproximação do Sol.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 33807


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas São Paulo 467 - “Non ducor, duco” * Rafael da Silva Claro
Ensaios O Novo Normal Rafael da Silva Claro
Ensaios Guia Politicamente Incorreto da Pandemia Rafael da Silva Claro
Ensaios Na pressão Rafael da Silva Claro
Ensaios Nadando de braçada Rafael da Silva Claro
Ensaios Dois Papas Rafael da Silva Claro
Ensaios O Clarividente Rafael da Silva Claro
Ensaios Polícia e ladrão Rafael da Silva Claro
Crônicas Retrospectiva 2020 Rafael da Silva Claro
Ensaios Espiral do silêncio Rafael da Silva Claro

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 85.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 52948 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 44787 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 44079 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 42192 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 41591 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 41379 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 41358 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 41195 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 40957 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 40930 Visitas

Páginas: Próxima Última