Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A usina
Jackson Nascimento (Jack Borandá)

I

Por uma outra medicina.
Por uma nova penicilina.
Por uma nova morfina
Que me tire do sono
Que cure de verdade
Esse homem.

II

Um homem
que carrega já cansado a bicicleta.
A culpa é da estrada.

Medicina da caminhada:
Eu quero exames profundos
que definam uma fórmula
Entre a essência e a distância da alvorada.

III

há uma fila enorme de homens

até aonde uma porta
até onde um engano

IV

Exames de um homem vazio,
Qual o resultado?

Que química fina
Lhe devolve o fogo à usina,
quando não lhe prestam mais
A vodka, o diesel e a gasolina?

V

E ainda há esse homem
Que escreve versos
atrás do reverso de sua retina inútil...

Ainda há esses homens
que escrevem versos
quando não há mais muleta
Que lhe sustentem os passos.


Este texto é administrado por: Jackson Nascimeno
Número de vezes que este texto foi lido: 33761


Outros títulos do mesmo autor

Poesias A usina Jackson Nascimento (Jack Borandá)


Publicações de número 1 até 1 de um total de 1.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 35039 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 34955 Visitas
LÍRIO - Alexsandre Soares de Lima 34908 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 34891 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 34888 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 34852 Visitas
Como posso desenvolver uma campanha de marketing - Antonio 34852 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 34841 Visitas
Um dia serei algo - José Rony de Andrade Alves 34815 Visitas
A Carta Gelada - José Rony de Andrade Alves 34812 Visitas

Páginas: Próxima Última