Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Receita para acordar adjetivos adormecidos
Caio Laurentino Veloso

Resumo:
Este poema foi pensado e escrito como resposta a um exercício em curso de Escrita Criativa. Nesse exercício, havia algumas palavras que precisavam ser colocadas no decorrer do texto criado.

À noite,
não durma
sem antes
se despir
da falsidade
e maledicência.

Da janela,
aproveite
o luar
sem se perturbar.
Então, durma.

Ao acordar,
com carinho,
abrace
quem tiver de abraçar.
E brinque
com quiser brincar.

Acorde!


Biografia:
Escritor no sertão alagoano. Tem dois textos publicados em antologias. Também tem uma página no Instagram compartilhando sobre palavras da Língua Portuguesa: @qual_usar. Instagram: @caiovloso Tuíter: @CaioVeloso31
Número de vezes que este texto foi lido: 33802


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Cansei Caio Laurentino Veloso
Poesias Receita para acordar adjetivos adormecidos Caio Laurentino Veloso
Poesias HOJE Caio Laurentino Veloso
Cordel Luiz Gonzaga Caio Laurentino Veloso


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 48499 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 42870 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 41891 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 40792 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 40431 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 40139 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 40022 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 39981 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 39770 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 39741 Visitas

Páginas: Próxima Última