Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Os Dias
Luiz Edmundo Alves

nem rima cômica
nem palavra pura
: o que me interessa é
esse doce e austero
barulho dos dias se
agrupando na memória.
um
por
um,
com seus momentos,
seus minutos,
décimos de segundo.
os dias enormes, exuberantes.
os dias reles, irrelevantes
entupidos de tédio, tropeços
atrasos, filas.
mas
os dias
se agrupando
na memória, têm um sabor
tão próprio
tão musical e cíclico que
até a morte parece
branca e risível.



Número de vezes que este texto foi lido: 28640


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Fotogramas de Agosto Luiz Edmundo Alves
Artigos Namorados Luiz Edmundo Alves
Poesias Os Dias Luiz Edmundo Alves
Poesias Insônia Luiz Edmundo Alves


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Perdido em um shopping - Thais da Silva Gomes 28458 Visitas
SAUDADES - Marco Aurelio Tisi 28458 Visitas
Cadafalsos Exorcizados - Lucas Dames 28458 Visitas
ESCUTA - lenny bezerra 28458 Visitas
Cartas a Mirian - Bo Borgat 28458 Visitas
Das formas de se curar uma ressaca - Vivian Loreti Gonçalves 28458 Visitas
Alguém - Livia Aldut 28458 Visitas
Enternecer pela palavra é bom para a evolução - jbcampos 28458 Visitas
O MUNDO PEDE SOCORRO - Carla Elisio 28458 Visitas
Canto Moinheiro em Adoração às Musas - Sóren Sadalmelikh 28458 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última