Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Uivos do vento
johnmaker

Uivos do vento

Houvesse os uivos do vento,
E a chuva me consumido demais,
Com os “fuuuus” de seus assopros,
Meus olhos haveriam de ter-se erguido,
Mil vezes na lousa da noite,
Procurando a tua paz....

...se escrevo sobre as ondas,
o mar e seu relevo,
Encontro no cume das montanhas salgadas,
Demãos de pinceladas,
Em paisagens lindamente pintadas
em que o meu barco deve navegar.
Lentamente o momento conciso dança,
Quando no teu corpo balança,
E, me cabe a vontade de em ti mergulhar.

Se, adentro-te, mar,
oceano,
És como ponte,
Na passagem de cada ano,
Como vida alentando meu espirito,
Extraviado de tua alma,
No túnel que o tempo cavou.
E, de joelhos, aos seus pés,
Avisto-me no convés
Como arco íris do teu horizonte...

# # # # Nota de autor # # # #

ALMAS ANTIGAS – O AMOR TRANSFORMADOR

Existe um tipo especial de pessoa neste mundo que é, muitas vezes,
incompreendido. Essas pessoas tendem a ser solitárias, espíritos livres, amantes
inocentes. Elas olham o mundo como poderia ser – e como deveria ser – embora o mundo raramente as enxergue. São as almas antigas, os sonhadores, as pessoas em sintonia com a vida, tão intuitivas de emoções que nos assustam. Nos
assustam não por causa de quem são, mas por causa de quem nós não somos, do que nos falta.
Almas antigas atingem profundidades que não podemos compreender. Elas têm uma conexão com o Universo, com a Natureza, e é por isso que elas são as pessoas que vão mudar o mundo. É preciso ser uma pessoa confiante para amar uma alma velha. Mas vale muito a pena. Isso irá mudar sua vida.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 125


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O Legado de Neftalí Reyes Basoalto. johnmaker
Poesias "Tristesse" (Chopin Etude op.10 no.3) johnmaker
Poesias Deborah johnmaker
Poesias O Feitiço do Amor johnmaker
Poesias A Profecia Lírica Do Fim Do Meu Tempo johnmaker
Poesias Uma rosa no caminho de Santiago johnmaker
Poesias Ramo de Outono johnmaker
Poesias Madrepérola johnmaker
Poesias Versos para quando vier florir-me johnmaker
Poesias Não Tenho Mais O Céu johnmaker

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 25.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 31064 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30959 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 30652 Visitas
eu sei quem sou - 30612 Visitas
camaro amarelo - 30574 Visitas
sei quem sou? - 30557 Visitas
viramundo vai a frança - 30537 Visitas
MENINA - 30504 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 30487 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 30457 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última