Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Foi se um dia ser ver um mês
Amargo poeta

Sigo uma nova estrada
Busco um novo dia
Palavras de paz
Calar o silêncio
E dizer que não sou o heroi de seus sonhos
A base da estrutura
Na casa revestida de loucura
Apenas sua pintura
Distante dessa cura
Toda essa lucidez
Entrego na minha embriaguez
Foi se um dia, sem ver um mês
Armadilhas do tempo
Apenas a morte
Dos nossos momentos


Biografia:

Este texto é administrado por: Dan Oliveira
Número de vezes que este texto foi lido: 183


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Onde nós estamos? Amargo poeta
Poesias Foi se um dia ser ver um mês Amargo poeta
Poesias Tudo o que deseja ser Amargo poeta


Publicações de número 1 até 3 de um total de 3.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
Piscianas, as mulheres mais próximas dos sentimentos. - Nandoww 50716 Visitas
CULTURA AFRICANA E SUAS INFLUÊNCIAS NA CULTURA BRASILEIRA - Ismael Monteiro 49462 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 46681 Visitas
Banco de Questões - China - Agrário Conrado 42941 Visitas
Banco de Questões - Japão - Agrário Conrado 40721 Visitas
The crow - The Wiki World - The Crow 39843 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 37535 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 34928 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 34296 Visitas
AS CLÁUSULAS PÉTREAS: INALTERÁVEIS ou NÃO ? - francisco carlos de aguiar neto 33261 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última