Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Ser apenas ser humano
Sergio Ricardo Costa



Tem problemas
Desumanos,
Pedras, olhos,
Pele disso,
Rei do mundo
Quando a força —
É o bastante.

Disse uma frase
Estranha,
Face escura,
Filho desta
Mão modesta,
Perdido
Foi composto
Entre pedras,
Meia noite,
Mera sorte,
Vive sempre
Uma chance
Para a vida,
E nesse dia,
Surge um outro.

Surge um novo
Seco e novo
Zeca
E os jecas
Cumprem disso
Duas vezes,
Cinco vezes,
Do silêncio.

O orvalho,
E ser apenas um ser humano...
Tem curtíssimos desenganos,
Muitos planos,
Muitos anos,
Muitos anjos,
Planos de voos,
Planos de fuga,
Planos de ânus.

Grandes feitos,
Grãos desfeitos,
Muita rua
Nova em folha
E preso a elas,
Simples fato
Que perdera
Entre as ruas,
Outro passo,
Outro salto,
Outro mundo
E, louca, via:
Louco, ouve
Um silêncio e
Tão distante
Quanto ausente,

Só está sendo sincero...


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 569


Outros títulos do mesmo autor

Poesias No fundo do poço Sergio Ricardo Costa
Poesias A última viagem da vida Sergio Ricardo Costa
Poesias Tem feito Sergio Ricardo Costa
Poesias Memória de esperar Sergio Ricardo Costa
Poesias Tenho fome, tenho sede Sergio Ricardo Costa

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 201 até 205 de um total de 205.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
"Reluzente " - Gladyston costa 4 Visitas
Flor de Arueira - Gladyston costa 3 Visitas
Olhos de Vapor - Gladyston costa 2 Visitas
Nós - Gladyston costa 2 Visitas
Paredes - Gladyston costa 2 Visitas

Páginas: Primeira Anterior