Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A frase da tempestade
johnmaker

Ah, minha doce Miranda,
Construiu a tempestade sobre os muros erguidos à tua sombra;
Um castelo de pedras imensas ainda sobrevoa a tua varanda.
Quem sou eu?
O meu amor se perdeu na vontade do teu ,
Enxugado com o pano de chão, como um lenço enrugado,
Que varreu junto com a saudade o piso molhado de porcelana;
Em cada frase vitrificada pelo calor alto da chama,
Quando nas paredes da prisão, me tomaste;
Na torre que tu declama meus versos, escreveste, numa casa branca,
Num único movimento, encurralando o meu Rei,
Riscando com tuas unhas as mesmas pedras que construímos o cais...

Sei que me amas,
E na penumbra da noite, uma ave soturna clama por seu desamor,
Os olhos com a pouca luz, feita do sombreiro, chora sem pudor,
O alveiro é uma prisão,
Onde o abraço do seu temor se faz companheiro;

Tão solícito quando parte,
Nas águas límpidas dos rios que foram poemas iludindo a minha dor.
Criaram franjas nas pálpebras frias da lua;
como se pudesse ser tua essa dor, e com amor eu lhe daria a cura,
A paz refletida no denso amargor das águas,
Como foram as brisas levantadas na supremacia do seu olhar...

Não posso navegar, e o mar é apenas uma das tuas mãos de mulher,
Que recolhe o broto da nascente do que fui um dia,
Como a serventia do vento da noite,
Provê, com o passar do tempo, a fome diante do prato da expectativa;
Na outra mão a ventania tem uma colher,
E traz a vontade do coração maltratado se fazendo altiva
Espalhando as rimas da minha poesia quando o mexes, como sopa insossa;
Lembrando-me essa manhã que nos apeteceu,
E se fora, a dissipando, tão simples quanto no dia em que nasceu,
Quando perdeu o sorriso, e morreu no fim de uma tarde qualquer!
Ainda estou em pé, mas é apenas uma questão do tempo perceber-me,
E distorcer-me diante da força da sua claridade...



https://www.youtube.com/watch?v=F3W_alUuFkA


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 28626


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O Asceta johnmaker
Poesias A Espada e a Alma de um Samurai johnmaker
Poesias Para o Arcanjo ... johnmaker
Poesias Acorda Amor johnmaker
Poesias Arrastando uma asa... johnmaker
Poesias Serifa das fontes johnmaker
Poesias Uivos do vento johnmaker
Poesias Sem Ilusão... johnmaker
Poesias Derretido feito manteiga johnmaker
Poesias Um Rio que Habita meu Coração johnmaker

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 28.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66241 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55163 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43709 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43334 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42943 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40874 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39800 Visitas
Amores! - 38249 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 37545 Visitas
Desabafo - 37493 Visitas

Páginas: Próxima Última