Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Impossibilidade
Fernanda Muniz

A impossibilidade pode machucar mais do que imaginamos. Ainda mais quando partimos do preceito de que nada é impossível. Ah! E existe uma GRANDE diferença em não podermos fazer determinada coisa em determinado horário e não fazermos nunca alegando que não nos é possível. Tudo é possível quando queremos que seja possível.
     Isso também não quer dizer que a impossibilidade não atinge quem toma isso como lema. Eu creio que esse lema, na verdade, é uma espécie de escudo para não dizer algo do tipo “Eu queria muito fazer, mas não tenho tempo.”, pois isso soaria como descaso. É só uma desculpa para tudo aquilo que ela não consegue fazer.
     Cabe a quem escuta não deixar que isto mine o relacionamento, seja de qual tipo for. Vai doer. São os famosos espinhos da rosa. A “impossibilidade” é um tipo de espinho que temos que tirar da rosa, para que ela fique ainda mais bela. Quando digo rosa você entende relacionamento. Sejam com nossos pais, nossos irmãos, nossos tios ou primos, ou até mesmo nossos amigos.
      Meu conselho para quem usa esse lema é que apenas ame. Ame mais. Não estou dizendo para estar colado dizendo o tempo todo que ama. Estou dizendo e defendendo que você diga que ama quando tiver vontade. Diga o quanto alguém é especial. E que você entenda que o fato de não poder ver a pessoa que se ama ou estar ao lado dela em um determinado momento não torna algo impossível, afinal impossível não existe. Essa escassez de tempo só quer dizer que algo na sua rotina não está no lugar em que deveria. E cabe a você arrumá-las e rever suas prioridades. Não permita ser machucado e machuque alguém especial com suas impossibilidades.
     Meu conselho para quem ouve esse lema é que tenha paciência e ame. Amar é aceitar as qualidades, defeitos, falta de tempo. Costumo dizer que é como no casamento. Amar é um pacote completo. Vai do machucar as mãos ao tirar os espinhos a contemplar o belo jardim criado.
     Ter um relacionamento exige um pouco mais. Contudo, quando há amor envolvido, a obrigação se torna um prazer absoluto.
      A impossibilidade é uma das ervas daninhas de um relacionamento. Este precisa ser regado com palavras e ações. Precisa ser podado evitando dizer algo quando se está com raiva ou triste. Precisa florescer com a espontaneidade. Precisa criar raízes com a liberdade e a confiança.
     Não permita que a tal impossibilidade mine seus relacionamentos. Seja mais forte. Seja mais inteligente. Seja extraordinário.


Biografia:
Auxiliar administrativo e fiscal na empresa Poly Fresk (Xarope de Guaraná) e escritora nas horas vagas. Divide as horas do seu dia entre o trabalho, o cachorro, livros e escritas. Apaixonada por leitura desde criança, tendo a paixão aumentada na adolescência por incentivo da escola. Apesar de escrever desde os 14 anos, foi somente aos 16 anos que começou a escrever poemas e outras formas literárias. Já escreveu dois livros de poesias, mas por problemas pessoais não chegou a lançá-los. Atualmente, Fernanda Muniz possui dois blogs ( Apenas Pensamentos e Aprendendo a Servir a Deus) e está no Recanto das Letras e no Beco dos Poetas onde expõe seu trabalho como escritora. Ela está escrevendo o livro Apenas Pensamentos.
Número de vezes que este texto foi lido: 54832


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Foi Deus Fernanda Muniz
Poesias Tolice Fernanda Muniz
Poesias Momentos Fernanda Muniz
Poesias Alento Fernanda Muniz
Poesias Recomeço Fernanda Muniz
Poesias Escolha Fernanda Muniz
Poesias Com você aprendi Fernanda Muniz
Poesias Sua partida Fernanda Muniz
Poesias Curioso pensar Fernanda Muniz
Poesias Difícil descrever Fernanda Muniz

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 15.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Minicurso sobre a redação no ENEM - Isadora Welzel 79731 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 59549 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 55635 Visitas
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas - Vander Roberto 55456 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 55378 Visitas
QUE SE... - orivaldo grandizoli 55374 Visitas
Lançamento do livro - Alberto Kopittke 55353 Visitas
Nua, totalmente indefesa - rodrigo ribeiro 55309 Visitas
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55293 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55275 Visitas

Páginas: Próxima Última