Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A Chuva
Jose Andrade de Souza

Da janela do meu quarto
Ao cair da noite
Observo a chuva
Molhando a terra como açoite

No silencio da noite
Só escuto a chuva cair
Regando a terra seca
Fazendo a vida existir

Chuva fina e fria
Que molha a terra devagar
Lavando tudo por onde passa
Ate quem esta na rua a passear

Linda essa natureza
Um espetáculo natural
Que não se compara
Com nada humano é belo é surreal!



Biografia:
Jose Andrade locutor de rádio e técnico em elétrica apaixonado por leitura, poesia e musica
Número de vezes que este texto foi lido: 29559


Outros títulos do mesmo autor

Poesias A Chuva Jose Andrade de Souza
Poesias Solitário Jose Andrade de Souza
Poesias Reencontro Jose Andrade de Souza
Poesias Mulher que ama Jose Andrade de Souza
Poesias Uma pessoa inesquecivel Jose Andrade de Souza
Poesias Minha namorada Jose Andrade de Souza


Publicações de número 1 até 6 de um total de 6.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 34099 Visitas
MENINA - 34077 Visitas
sei quem sou? - 34058 Visitas
A menina e o desenho - 33927 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 33917 Visitas
Aspectos da Usucapião - Agatha Sthefanini Silva Ferreira 33415 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 33324 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 32900 Visitas
FIO DA ESPADA - Tércio Sthal 32636 Visitas
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 32417 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última