Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Particulum melangius absolutum
Henrique Albiero Miranda

Granito, concreto
As paredes chegam ao teto
Mas não ao verdadeiro teto
Até o dia que se destorna
Solidifiquieto.

Neste dia,
A fumaça que contornaria
Aquilo que antes a passagem
Impedia
- estupefantes reações
dos estupefatos infantes
Convergem, de uma forma macia
O que não convergiria
N'outros dias.

Cogita-se que se destrona
Le Roi Degradé
Mas nota-se o g'ia gigante amarelo
E as brasas médias
Às bordas se atém.

Ar granítico
Mescla a pedra
Líquida ebuliçante
Formando um só elo.



Biografia:
Aluno do Segundo Colegial do Colégio Maria Imaculada SP . Proficiente em Inglês.
Número de vezes que este texto foi lido: 622


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Ode às Fagulhas Estelares Henrique Albiero Miranda
Poesias Particulum melangius absolutum Henrique Albiero Miranda
Poesias Pecado Henrique Albiero Miranda
Poesias Crítica suprema aos sebastianistas Henrique Albiero Miranda
Poesias Nuvens Henrique Albiero Miranda
Poesias Noite Estrelada Henrique Albiero Miranda


Publicações de número 1 até 6 de um total de 6.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
TOMO TUDO - sigmar montemor 36467 Visitas
Lamento - FERNANDO 36220 Visitas
Faça alguém feliz - 35793 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 35278 Visitas
Vivo com.. - 35185 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 35130 Visitas
eu sei quem sou - 34080 Visitas
camaro amarelo - 33982 Visitas
MENINA - 33869 Visitas
sei quem sou? - 33840 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última